Polí­cia

Foto: Divulgação

O diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, empossa nesta quarta-feira, 31, às 11 horas, o novo superintendente regional no Estado do Tocantins, Robinson Fuchs Brasilino. A posse ocorrerá no auditório do prédio da Justiça Federal(prédio novo), na Avenida Teotônio Segurado.

Dentre os projetos de Fuchs Brasilino para o Tocantins, além de dar continuidade às investigações em andamento e abrir novas frentes de trabalho, está a construção da nova sede da PF em Palmas e Araguaína. O objetivo é proporcionar melhores condições de trabalho para os servidores e aperfeiçoar o atendimento à sociedade local para o nível de excelência, como deve ser todo serviço público.

A cerimônia de posse conta com a presença dos representantes do Poder Executivo estadual e municipal, do Poder Judiciário federal e estadual, Poder Legislativo e Ministério Público federal e estadual. Representantes de órgãos, autarquias e empresas públicas federais também prestigiam o novo superintendente.

Perfil

O delegado de Polícia Federal Robinson Fuchs Brasilino nasceu em 08 de novembro de 1958 na cidade de Corinto, Minas Gerais. Formou-se em Direito pela Faculdade Milton Campos em Nova Lima/MG, e tem Pós-Graduação (MBA em Segurança Pública) pela Fundação Getúlio Vargas. Dentre os vários cursos que participou destaca-se em seu currículo o Curso de Técnicas de Investigação, realizado em Lisboa/Portugal.

O novo superintendente iniciou sua carreira profissional como Bancário. Atuou como Advogado e participou em mais de 60 julgamentos no Primeiro Tribunal do Júri em Belo Horizonte. Em 1993 foi aprovado em concurso público para Procurador do Município de Contagem/MG, mas optou por ingressar na Polícia Federal. No cargo de delegado da PF atuou como:

• Chefe da Delegacia de Polícia Federal em Cáceres/MT;

• Chefe da Delegacia de Combate a Crimes Fazendários – Belo Horizonte/MG;

• Chefe da Delegacia de Imigração – Belo Horizonte /MG;

• Chefe da Delegacia de Combate a Crimes Previdenciários – Belo Horizonte /MG;

• Representante da Interpol – Belo Horizonte /MG;

• Foi Corregedor extraordinário no Rio de Janeiro/RJ e, atualmente, exercia a função de Corregedor Regional em Belo Horizonte /MG.

Como delegado de Polícia Federal, Robinson Fuchs foi condecorado com medalhas e honrarias. Proferiu palestras em seminários, além de ter coordenado, supervisionado e executado várias ações policiais em âmbito nacional e internacional, com destaque paras as operações: Anaconda, João de Barro, Águia, Mãos limpas e Sanguessuga.