Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Guaraí incinerou 182Kg de drogas (2kg de crack e 180kg de maconha) na manhã desta sexta-feira, 2. Os entorpecentes foram apreendidos em operações das Polícias Rodoviária Federal, Militar e Civil, durante os meses de maio, junho e julho. Segundo informações apuradas, outra grande quantidade de drogas aguarda liberação judicial para ser incinerada nos próximos dias.

A incineração foi realizada em uma cerâmica da cidade, acompanhada por policiais civis, peritos da Polícia Científica, representantes do Ministério Público Estadual, imprensa local e um grupo de estudantes universitários do curso de Biomedicina da Faculdade Guaraí-FAG, acompanhados de seus respectivos professores.

O que mais impressionou, além da quantidade, é o fato de que todo o material teria sido apreendido em operações realizadas nos últimos meses (maio, junho e julho), sendo que a maior parte deriva de ações da Polícia Rodoviária Federal, que têm atuado fortemente no combate ao tráfico na rodovia BR-153, já que a via funciona como rota de ligação do trafico entre a região centro-sul e norte-nordeste do país. Outro destaque é que as forças policiais presentes no estado (PRF, PC e PM), atuam de forma integrada, o que têm facilitado às ações e principalmente o trabalho de investigação.

Segundo o diretor da Polícia Civil do Interior, Alberto Wanderley, a incineração realizada hoje é de apenas parte do material apreendido. A informação é de que outra grande quantidade de drogas aguarda liberação judicial para também ser incinerada nos próximos dias.

A maior parte dos policiais do estado reclama que apesar das ações de combate realizadas, o Poder Judiciário ainda não tem aplicado penas adequadas aos traficantes, o que de certa forma facilita a continuidade desta prática tão nociva para a sociedade.

Em todo o estado, ainda segundo informado, um total de 359Kg de entorpecentes (maconha, crack, cocaína e outros), foi incinerada nesta manhã, além de 424 frascos de lança perfume.