Estado

Foto: Divulgação

Diante das notícias veiculadas na imprensa sobre possíveis riscos de desabamento da ponte de Porto Nacional, o Ministério Público Estadual (MPE), representado pela Promotora de Justiça Marcia Mirele Stefanello Valente, se reuniu na tarde desta terça-feira, 06, com o presidente da Agência de Máquinas e Transportes (Agetrans), Alvicto Ozores Nogueira, e o diretor técnico do órgão, Bruno Pereira Valente.

Na ocasião, a Promotora de Justiça oficiou pessoalmente o presidente a fim de que a encaminhe, no prazo máximo de cinco dias, cópias dos laudos de engenharia sobre a situação da ponte, além da cópia do projeto da nova ponte a ser construída. De acordo com Márcia, a medida se fez necessária devido à insegurança sentida pela população, causada pelas notícias publicadas nos últimos dias sobre o possível desabamento da ponte.

De antemão, o presidente deu garantias de que não existe essa possibilidade. “Não há necessidade de interromper o trânsito na ponte. Não há riscos de desabamento”, garantiu. Ele também antecipou que até o próximo dia 15 deve ser publicado o edital de licitação para a construção da nova ponte. A expectativa de investimento é de R$ 110 milhões, com previsão de entrega no período de dois anos.