Polí­tica

Foto: Divulgação

Os deputados estaduais do Estado do Tocantins aprovaram no início da noite desta última quarta-feira, dia 7, o projeto de lei que estabelece condições para a nomeação de funcionários públicos do Estado do Tocantins e que foi, segundo o próprio autor, deputado estadual Marcelo Lelis (PV), baseado na Lei da Ficha Limpa.

Após a votação, Lelis agradeceu aos colegas e ao Governo do Estado o reconhecimento de que sua matéria foi apresentada anteriormente a outra de teor semelhante, de autoria do Executivo.

O parlamentar Amélio Cayres (PR), por sua vez, lembrou que há alguns anos Lelis havia passado pela mesma situação, diferente porém pelo modo como o governo de então agiu a respeito. Ainda sobre o projeto de Lelis, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Sandoval Cardoso (PSD), informou que o governador do Estado pretende sancionar a matéria na próxima sexta-feira, dia 9, quando virá a Palmas o criador da proposta da Lei da Ficha Limpa, o juiz Marlon Reis.

Cidadania

Na mesma sessão, os deputados também aprovaram a concessão de título de cidadania tocantinense ao médico otorrinolaringologista Antônio de Deus. A proposta foi apresentada pelo deputado Manoel Queiroz (PPS).