Estado

Foto: Divulgação

Em razão da vinda do ministro Alexandre Padilha, da Saúde, na próxima sexta-feira, 16, o governador Siqueira Campos lamenta não poder ir a nenhuma das Romarias do Senhor do Bonfim neste dia 15 de agosto. Sua ausência se justifica pela preparação do evento em que ele e o Ministro farão a entrega de Carreta da Saúde da Mulher em Araguatins, e anuncia a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento. A solenidade está prevista para acontecer às 9 horas no auditório da Câmara Municipal da cidade.

“Lamento, profundamente, não poder participar do Bonfim pela primeira vez em todos esses anos, mas estou em oração ao Senhor do Bonfim para que todos os nossos problemas sejam solucionados e que a saúde pública no Tocantins alcance seu objetivo que é o atendimento a todos, indistintamente”, disse Siqueira Campos.

O Governador ressaltou a preocupação em garantir um serviço de qualidade aos menos favorecidos. “O rico consegue ir a todos os lugares onde estão os melhores médicos e hospitais. O pobre não tem como tratar e cuidar da sua saúde pagando atendimento, e é para garantir esse atendimento que estamos trabalhando. A vinda do ministro Padilha ao Tocantins, na data em que nós rogamos e agradecemos as bênçãos do Senhor do Bonfim é significativa para todos nós”, concluiu.

Carreta da Mulher

A Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde esclarece que a carreta atenderá a todas as mulheres em diversas fases etárias. Para rastreamento do câncer, as mulheres acima de 45 anos terão direito a todos os exames oferecidos sem o encaminhamento médico.  Os resultados dos exames ficam prontos em três e quatro dias. A intenção da Secretaria da Saúde é, além dos exames, seja feito o encaminhamento para tratamento durante a permanência da carreta na cidade.

A Carreta da Saúde da Mulher tem capacidade para realizar 50 mamografias, 50 ultrassonografias e 50 coletas de exames preventivos de câncer de útero por dia. (Com informações da Ascom Sesau).