Polí­tica

Foto: Divulgação

Após o senador Vicentinho Alves (PR) admitir que sua vontade é ingressar nos quadros do PSB o presidente regional do partido, prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, afirmou ao Conexão Tocantins que ele é o nome da legenda para disputar o governo em 2014. “O Vicentinho é um grande amigo e companheiro, tem uma boa história e é o nome que nós acreditamos que tem todas as condições de disputar”, frisou.

Vicentinho foi convidado pelo governador Eduardo Campos para entrar no partido e chegou a dizer que aceitou o convite e que só falta a liberação do PR com relação às questões jurídicas. Segundo Laurez o partido só está aguardando o senador dizer que está pronto. “ É só ele dizer que está pronto e receberemos ele com o maior prazer. A ficha de filiação já está pronta”, afirmou. Nos bastidores já é cogitada a possibilidade de Vicentinho assumir o comando do Partido no Estado. O clima do senador no PR ficou insustentável principalmente depois que ele anunciou que pretende tentar construir uma candidatura ao governo. Vicentinho esteve prestes a assumir o comando do PR mas a articulação não teve sucesso e João Ribeiro permanece no comando.

Vicentinho continua participando de alguns eventos do governo mas já chegou a dizer que não tem participado de algumas ações da atual gestão da qual sempre foi aliado de primeira hora. Neste processo ele se aproximou de alguns partidos da oposição como por exemplo o prefeito de Palmas, Carlos Amastha do PP e já chegou a dizer que gostaria de ganhar o apoio dele para uma possível candidatura.

O PSB atualmente é uma das legendas mais próximas do governo, mas Laurez preferiu não ser claro ao ser questionado se o partido é da base ou não. “O PSB tem boas alianças com o governo e tem ajudado administrativamente mas somos independentes”, desconversou. Para tentar definir em qual grupo o partido se encontra no momento Laurez se preocupou ainda em citar o PMDB como preferencial aliado. “ Estamos ainda no início do processo e depois vamos conversar”, resumiu ao mencionar possíveis alianças com o atual governo para 2014. Atualmente o secretário Estadual de Meio Ambiente, Alan Barbiero é do partido.

Outro nome que chegou a ser cogitado para  ingressar na legenda é o do secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos que também já foi convidado por lideranças nacionais da legenda. Questionado sobre tal possibilidade Laurez frisou que Eduardo é bem vindo mas emendou que o PSB vai defender o nome que esteja no partido.