Polí­tica

Foto: Marcelo Camargo Vicentinho andava em rota de colisão com o senador João Ribeiro presidente regional do PR Tocantins Vicentinho andava em rota de colisão com o senador João Ribeiro presidente regional do PR Tocantins

Foi proposta na tarde desta quinta-feira, 5, às 14 horas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ação de perda de mandato parlamentar por infidelidade partidária contra o senador Vicentinho Alves. A ação foi proposta pelo Partido da República, sigla pela qual o senador se elegeu em 2010.

O número do processo é PET n. 631-81 e foi distribuído ao ministro Marco Aurélio. O processo decorre da desfiliação do senador Vicentinho Alves do Partido da República, ocorrida em 07/08/2013.

Há, ainda, um pedido liminar para que o TSE, sem a oitiva do senador Vicentinho Alves, suspenda seu mandato em razão da inexistência de qualquer motivo hábil que justifique a desfiliação partidária sem perda do mandato.

O senador Vicentinho Alves andava em rota de colisão com o senador João Ribeiro, presidente regional do PR Tocantins, desde que lançou seu nome como pré-candidato do partido ao Governo do Estado. Nos últimos meses a relação entre os dois parlamentares andava bastante estremecida.

Os advogados do PR são Fernando de Carvalho e Albuquerque e Ana Daniela Leite e Aguiar.