Estado

Foto: Marcio Vieira Em abril deste ano, o governador lançou o Parque Aquícola ao lado do ministro Crivella Em abril deste ano, o governador lançou o Parque Aquícola ao lado do ministro Crivella

O ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, vem ao Tocantins nesta sexta-feira, 6, anunciar o lançamento de edital para os parques aquícolas do lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado. A solenidade está marcada para 14h, no auditório Quartel do Comando Geral da Polícia Militar.

Em abril deste ano, o governador Siqueira Campos lançou oficialmente, ao lado de Crivella, os parques que beneficiarão colônias de pescadores e criadores de pescado, impulsionando a produção e elevando o Tocantins à elite do país no setor. 

De acordo com o superintendente da Pesca e Aquicultura do MPA no Tocantins, Guilherme Vaz Burns, os parques aquícolas são fruto de intensos estudos da qualidade da água do reservatório, realizados durante mais de quatro anos. “Foram delimitados 300 ha, divididos em 10 parques. Até o momento oito deles já estão com licenciamento ambiental, autorização da Marinha para funcionarem”, completou.

Segundo o gestor, as associações e colônias de pescadores que utilizarão os parques de maneira não onerosa (sem precisar pagar pelo direito de uso) já foram selecionadas. Além disso, serão disponibilizados lotes para produtores particulares sob custo de utilização destes. “A tendência é que quando todos os parques estiverem em pleno uso, a produção do Tocantins atinja entre 120 mil a 130 mil toneladas por ano de pescado”, frisou.

Colônias

Segundo informações da Superintendência da Pesca e Aquicultura no Tocantins, estes primeiros editais de uso dos parques do lago da UHE de Lajeado beneficiarão sete colônias de pescadores nos municípios de Palmas, Porto Nacional, Ipueiras, Brejinho de Nazaré, Lajeado, Miracema e Tocantínia.

Semana do Peixe

Realizada simultaneamente no Brasil em diversos estados brasileiros, a 10ª Semana Nacional do Peixe tem como principal objetivo o aumento na produção e no consumo de pescado pela população. No Tocantins, são realizadas até o dia 15 diversas atividades voltadas para o setor produtivo no sentido fomentar a produção de pescado no Estado. “O evento está bem diluído no Estado com todos os parceiros envolvidos diretamente”, frisou Alexandre Godinho, coordenador de Aquicultura e Pesca do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins). (ATN)