Polí­cia

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual da Segurança Pública informa que todo internauta precisa ficar atento com os dados que disponibiliza pela internet porque, à medida que cresce a quantidade de serviços online, também aumenta o número de pessoas mal intencionadas que se aproveitam disso.

Buscando orientar os usuários de forma precisa, a SSP traz algumas dicas de segurança básicas para manter os seus dados longe das ações dos criminosos que agem pela internet.

Dicas:

·         Evite abrir e-mails de remetentes desconhecidos; se forem abertos e estiverem acompanhados de arquivos anexos, não abra tais anexos em hipótese alguma. Geralmente são arquivos executáveis que se infiltram no seu computador.

·         Evite abrir e-mails de bancos e órgãos oficiais como Receita Federal, TRE, Detran e Serasa. Essas instituições não enviam e-mails, a não ser que seja solicitado pelo usuário.

·         Faça instalação de programas antivírus, de preferência fabricantes conhecidos, e evite programas piratas.

·         Fazer uso de Backup (cópia de segurança) em arquivos importantes.

·         Escolha sites conhecidos

·         Certifique-se da segurança do site. Ele deve ter um ícone de cadeado na parte inferior da tela. Só digite números pessoais como identidade, CPF ou cartão de crédito em sites criptografados (essa técnica de segurança ‘‘embaralha’’ as informações para que só os computadores do site consigam desvendar o real significado de suas informações pessoais).

·         Para saber se a empresa conta com esse processo, procure o link que descreve as formas de pagamento e condições de segurança.

·         Verifique se os dados do seu cartão de crédito ficam armazenados no banco de dados da loja virtual. Os melhores sites são os que não salvam esses dados.

·         Imprima todas as etapas da negociação feita pela Internet. Inclusive a descrição do produto, os termos de pagamento, condições e a garantia.

·         Evite deixar em seu computador pessoal (PC) senhas gravadas ou o uso da função auto-completar.

·         Crie senhas aleatórias, mesclando letras e números e procure alterá-la periodicamente, evite usar nomes que possam facilitar a ação de Hackers como data de aniversário, numero do telefone, datas comemorativas e nomes de familiares ou animais de estimação.

·         Não forneça dados pessoais em salas de relacionamento ou bate-papos on-line. Os criminosos são capazes de desvendar senhas com apenas algumas informações pessoais.

·         Nunca divulgue número de cartão, conta bancária ou senha por e-mail.

·         Os pais devem ficar atentos e monitorar os contatos e relacionamentos que envolvem crianças e adolescentes, principalmente durante a madrugada.