Campo

Foto: Divulgação

A Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (FAET) comemorou o crescimento de 10,9% na produção de grãos no Tocantins, conforme dados do levantamento consolidado de grãos para a safra 2012/13, divulgados esta semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O estado produziu neste plantio 2,6 milhões de toneladas de grãos, contra 2,3 milhões da safra passada, liderando a produção na região Norte do país.  Os números que confirmam este crescimento foram divulgados no 12º levantamento da Conab.

Para a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da FAET senadora Kátia Abreu, estes números confirmam a contribuição do setor agropecuário para os bons resultados do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, quando o país teve uma colheita recorde de 186,1 milhões de toneladas de grãos e fibras.

 “A produção de soja no Tocantins permanece sendo o carro-chefe da produção no Estado e é motivo de orgulho, mas o crescimento de outros grãos, como o arroz e o milho, por exemplo, deve ser comemorado, levando-se em consideração fatores como a expansão do crédito, disponibilizado aos produtores rurais por meio do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2012/2013, permitindo a melhoria do nível tecnológico das lavouras, bem como o fato de o clima favorável nas principais regiões produtoras terem contribuído para a colheita recorde”, avaliou Kátia Abreu, acrescentando que a safra agrícola de 2013 no Brasil deverá crescer 15,7% em comparação com o ano passado.

.Destaques

Ocupando uma área de 549,5 mil hectares, o principal grão produzido no Estado foi à soja, com uma safra de 1,5 milhão de toneladas, 11,1% maior que a anterior. Em seguida, o arroz com uma colheita de 565,7 mil toneladas, registrando aumento de 27,9% numa comparação a safra 2011/12. Outro destaque de produção foi o milho, com uma safra de 447,8 mil toneladas, de acordo com o levantamento consolidado da Conab. O Tocantins também produziu 36,7 mil toneladas de sorgo, 24,2 mil toneladas de feijão, 18,9 mil toneladas de algodão e seis mil toneladas de amendoim, sendo, atualmente, o 11º maior produtor de grãos do País e o maior da região Norte. (Com informações da Conab/Seagro)

Por: Redação

Tags: CNA, Kátia Abreu, faet