Palmas

Foto: Divulgação

Melhorias na infraestrutura nos setores da Região Sul, pavimentação asfáltica das ruas e avenidas, revitalização de jardins, iluminação, saúde, investimentos em educação, construção de centros assistenciais para idosos, praças, academias ao ar livres e quadras de esportes. Foram estas algumas das principais reivindicações apresentadas por moradores, associações, movimentos sociais e entidades acadêmicas presentes na quarta audiência pública do PPA Participativo - Para Palmas Avançar no último sábado, 14, no Jardim Aureny III.

O morador do Jardim Aureny II, João Aparecido Pereira destacou a necessidade de investir em mais projetos na área de habitação. “Sou morador aqui há muitos anos e muitas áreas precisam ser regularizadas, assim como investir em projetos para construção de mais casas para as pessoas carentes desta região”, afirmou Pereira.

A presidente da Associação dos Cidadãos da 3ª Idade da Região Sul de Palmas, Lindaura Ribeiro Monteiro apresentou a proposta para a construção da sede própria do centro de convivência para idosos no setor Vale do Sol. “Sabemos que já tem outros centros para a 3ª idade, mas é longe e a comunidade precisa de um desse aqui. Vamos oferecer lazer e cuidados aos nossos idosos”, explicou dona Lindaura.

Também foi solicitada a criação do espaço kids com o incentivo a leitura na Arca de Taquaralto. Ainda entre as demandas apresentadas para o mesmo local foi abordada a necessidade de ter um novo projeto para os comerciantes. “Precisamos de mais investimento na infraestrutura, estamos em um local precário para servir nossas comidas. A acessibilidade também é precária, sofremos com a falta de planejamento que foi construído”, explicou a presidente da Associação da Praça de Alimentação da Arca de Taquaralto, Joana Dark de Abreu.

O presidente da Associação de Moradores do Setor Bela Vista, Carlos Augusto de Oliveira, ressaltou a importância da construção do centro de cultura para a região sul da Capital. “Precisamos do centro cultural aqui e que desenvolva atividades para nossa comunidade, além do lazer, capacitação e cursos para nossa comunidade. Nem todo mundo tem condições para ir para o centro onde tem estas atividades”, afirmou Oliveira.

A dona de casa Sandra Rodrigues, falou da demanda para a construção de praças, academias ao ar-livre e de creches. “O esporte e o lazer são fundamentais para uma melhor qualidade de vida da nossa comunidade. É preciso de mais educação e valorização dos nossos profissionais”, ressaltou Sandra. (Secom Palmas)