Estado

Foto: Divulgação

Servidores e estudantes do campus Paraíso do Tocantins, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), bem como representantes dos moradores do distrito de Vila Santana, localizado à cerca de 13 km da cidade, estiveram reunidos na tarde da última quinta-feira, 12, com o prefeito de Paraíso do Tocantins, Moisés Avelino, para cobrar melhorias das vias públicas que dão acesso à unidade.

Uma equipe composta por diretor, técnicos administrativos, professores, alunos e moradores da comunidade entregaram um abaixo-assinado com mais de mil assinaturas coletadas objetivando reforçar o pedido de asfaltamento do trecho que liga a BR-153 ao distrito onde está localizado campus de Paraíso do Tocantins.

“Nós viemos reforçar, através desse documento, o pedido de pavimentação do trecho que dá acesso ao campus e mostrar através dessas assinaturas a quantidade de pessoas que estão sendo impactadas com esse problema” destacou Antônio da Luz Júnior, diretor-geral pro tempore do campus Paraíso do Tocantins.

Além do pedido de asfaltamento, a equipe reforçou a necessidade de melhorar a iluminação do local, bem como de instalar uma unidade de posto saúde para atender a comunidade de Vila Santana. “A população da vila não conta com o atendimento de saúde. Se não fosse o IFTO para ceder um espaço e o médico, nós não teríamos atendimento” enfatizou a moradora Vanuza dos Reis.

Na ocasião, os representantes do campus relataram os transtornos causados durante os períodos chuvosos e de estiagem. Lamentaram ainda a quantidade de cobranças que já foram feitas ao poder público em busca da solução do problema, bem como reforçaram a necessidade de uma resposta concreta para ser repassada a todos que compõem a unidade. Além desses questionamentos, foram mencionadas as complicações de saúde sentidas pelos alunos ao longo do ano devido à poeira, entre outros problemas enfrentados.

Posicionamento do prefeito

O prefeito Moisés Avelino assegurou que o projeto de asfaltamento do setor agroindustrial já foi elaborado e está sob avaliação da Secretaria Estadual de Indústria e Comércio. Tão logo seja aprovado, os recursos serão viabilizados para a construção da obra. Ao ser questionado sobre previsão de entrega, enfatizou que para este ano não será possível iniciar as obras. “Vamos esperar a aprovação do projeto, mas desejo que até o ano que vem tudo esteja encaminhado e juntos possamos entregar essa obra” disse. Quanto ao posto de saúde para a comunidade da Vila Santana, garantiu que no próximo ano a obra será feita. Confirmou ainda que um projeto de melhoria da rede de iluminação em torno do campus será elaborado e executado. Para amenizar os problemas até a chegada do asfalto, o prefeito garantiu que vai enviar nas próximas semanas uma equipe com maquinários para cascalhar o trecho.