Palmas

Foto: Divulgação

A Guarda Metropolitana de Palmas capturou nesta segunda-feira, 16, vários animais silvestres, que estavam em residências acuados, fugindo dos focos de queimadas provocadas  em  áreas de preservação ambiental.

Na lista de animais encontrados nas áreas atingidas pelo fogo, estão uma  mucura que foi recolhida na quadra 208 Norte, um gavião que foi encontrado na quadra 405 Norte e um filhote de ema, localizado  no jardim Aureny III. Todos os animais estavam escondidos  em residências de moradores.

Para o guarda metropolitano, Vilson Paulino de Melo, que participou da captura de alguns deles,  as queimadas descontroladas tem causado sérios danos a biodiversidade. “Alguns animais  estão morrendo, quando algum tem a sorte de o encontramos a tempo, fazemos a captura e soltamos em outro lugar mais seguro”, ressaltou.

Ainda de acordo com Melo, é preciso  conscientização de parte da população "para evitar que os animais e as aves sejam mortos e expulsos do seu habitat”, esclarece.

Prisão

Dois homens foram presos na tarde de ontem, por atear fogo na área de preservação do Parque Sussuapara, na região Norte da Capital. A prisão foi feita em flagrante pela Guarda Metropolitana Ambiental e por um policial militar. Os acusados foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas e vão responder por crime ambiental.