Esporte

Foto: Divulgação

Mal deu tempo de comemorar a conquista do Brasileiro da CBMA (Confederação Brasileira de Cultura e Artes Marciais), conquistado no dia 7 de setembro em Brasília, e o atleta Luis Carlos Crispim, voltou a vencer. Desta vez, Crispim faturou o cinturão do Torrão Combate, competição sulamericana disputada em São Paulo, no último final de semana. Na final da disputa do muay thay, pela categoria 58 kg, o tocantinense derrotou o carioca Mário e trouxe o cinturão para a Capital. Crispim é um dos palmenses contemplados pelo edital Bolsa Atleta, da Fundesportes.

"Na luta de Brasília eu estava um pouco mais nervoso, mais ansioso, e temendo pelo resultado, mas ainda assim cheguei à vitória. Em São Paulo estava completamente confiante e a vitória veio naturalmente. Essa foi a terceira vez que defendi o cinturão, e garanti que ele ficasse em Palmas", relatou. 

No mesmo final de semana, o professor Crispim teve outro motivo para comemorar. O atleta Nasivan Alves Ferreira, conhecido como Tampinha, conquistou o cinturão do 3° Octagon Round Fight, em Palmas. Tampinha é aluno de Crispim e funcionário da Câmara Municipal de Palmas. 

"Estou há nove anos praticando o kick boxing e há pouco mais de um ano como atleta de MMA. Estou contando com o apoio do Major Negreiros, do meu professor Crispim, e de muitos parceiros e graças a Deus nessa competição a vitória veio. Estou muito feliz", destacou Tampinha. 

Esta é a primeira vez que o cinturão da competição fica com um atleta de Palmas.