Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) informou ao Conexão Tocantins que vê com bons olhos a indicação do nome do deputado estadual Eli Borges para comandar o partido no lugar de Junior Coimbra. Essa foi a solução tomada junto à nacional para acalmar os ânimos no partido. Com esse acordo, que foi aceito por Coimbra, Marcelo descarta a possibilidade de deixar o partido.  “Eu continuo com o mesmo pensamento se tem alternativa vamos ouvir a alternativa. Vemos com bons olhos o nome de Eli Borges, ele é íntegro, honrado e que pode trazer uma nova visão para o partido”, disse.

 Marcelo contou que na próxima semana uma nova reunião deve acontecer em Brasília para finalizar o acordo mas frisou que a decisão agrada seu grupo. “ O que nós queríamos era justamente uma nova visão para o partido porque da forma que está não concordamos”, disse.

 O ex-governador diz acreditar que Eli vai conduzir o partido dialogando com os membros.Com relação à possível desistência da senadora Katia Abreu de ir para a legenda Marcelo disse que esta questão cabe a uma decisão pessoal da senadora mas frisou que ela é um grande nome para o partido.