Polí­tica

Foto: Divulgação

Pedido de vista regimental feito pela ministra Laurita Vaz adiou, nesta quinta-feira (19), o julgamento da solicitação apresentada pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS) do registro de seu estatuto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ministra Laurita Vaz, que é relatora do pedido do PROS, informou ao plenário que trará seu voto-vista na terça-feira (24).

Já no exame do pedido de registro do Partido Solidariedade, que também estava na pauta da sessão desta noite, os ministros aprovaram pedido de vista do processo, por 48 horas, apresentado pelo vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, ao relator do pedido da legenda em formação, ministro Henrique Neves. (Ascom TSE)