Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio do Departamento de Estratégia e Inteligência e da Divisão da Polinter e Capturas prendeu, na manhã desta última quarta-feira, 25, Ozenan de Sousa Nunes, 41 anos de idade. A prisão do acusado se deu mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva pela prática do crime de tortura, expedido pelo Juízo da Comarca de Curimatá-PI. 

Ozenan era considerado foragido da justiça do Piauí há três anos e, foi preso por volta das 9h30min em sua residência localizada na Quadra 407 Norte em Palmas. De acordo com informações da Polícia Civil, o homem, que é ex-policial militar do Estado do Piauí, é acusado pela prática do crime de tortura no final dos anos 90. Segundo informações da Polícia Civil do Piauí, o preso também é acusado pelo crime de homicídio praticado no município de Curimatá-PI.

As investigações que resultaram na prisão de Ozenan foram iniciadas após o Departamento de Inteligência da Polícia Civil do Tocantins trocar informações com a PC do Piauí. A partir daí, foi apurado que o foragido da Justiça poderia estar residindo em Palmas e, de imediato a PC tocantinense intensificou as investigações e levantamentos que culminaram na prisão do indiciado, na manhã de hoje. 

Após os procedimentos legais, Ozenan de Souza Nunes foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas de onde deverá ser recambiado, em breve, para o Estado do Piauí onde responderá pelas acusações que lhe são imputadas.