Palmas

Foto: Divulgação

Cumprindo agenda em Nova York, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha visitou nesta terça-feira, 08, a Central de Polícia da cidade, onde conheceu o sistema de monitoramento e combate ao crime. A visita está inserida na programação do “CityLab: soluções urbanas para desafios globais”, evento que reúne líderes mundiais e prefeitos de cidades dos Estados Unidos, Alemanha, Austrália, Filipinas, Canadá, Peru, Colômbia e Brasil.

O roteiro integrou as discussões da temática sobre segurança pública, privacidade e novas tecnologias, que contou com a participação do comissário do Gabinete de Informação e Privacidade de Ontário (Canadá), Ann Cavoukian, do presidente do Conselho de Segurança Cibernética, Jane Holl Lute e do professor da Universidade da Califórnia de Berkeley. Também participaram do momento, o comissário de Polícia de Nova York, Raymond W. Kelly e o comissário de Boston, Edward F. Davis.

Ao visitar a estrutura local, Amastha salientou, “é impressionante o sistema que é utilizado na central de controle. Estão atuando em tempo real na prevenção, evitando e antevendo os problemas, atuando no combate ao crime”.

O Prefeito salientou que, em Palmas, a gestão possui essa preocupação. “Nós temos na estrutura o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que já realiza monitoramento em diferentes pontos da cidade, câmeras que tem condições de aproximar as imagens, checar placas de veículos e até identificar pessoas em atitudes suspeitas”.

Programação

Além das questões sobre segurança, o último dia do evento contou com discussões sobre estratégias para tornar as cidades com mais qualidade de vida e as estratégias para a luta contra obesidade, com a participação do diretor do Instituto Nacional de Saúde Pública no México, Mauricio Hernández-Ávila, do vice-presidente executivo do Instituto Aspen, Gerson Elliot e do prefeito de Louisville, Greg Fischer.

Ainda na solenidade de encerramento, foram realizados pronunciamentos do prefeito de Nova York, Michael R. Bloomberg, do presidente do escritório do Instituto Aspen, além dos candidatos a prefeito de Nova York, Bill de Blasio (D) e Joe Lhota (R).