Polí­tica

Foto: Divulgação

Às vésperas de completar meio século de história, no dia 23 de outubro, o município de Paraíso do Tocantins foi beneficiado com a apresentação de matérias na Assembleia Legislativa. De autoria do vice-presidente da Casa, deputado Osires Damaso (Democratas), os requerimentos tratam da realização de convênios entre Prefeitura e o Poder Executivo para a construção de uma ponte sobre o córrego Vale Verde; a reforma, revitalização e o reordenamento do Mercado Municipal; a construção e o funcionamento de três creches em bairros distintos; e a construção de uma escola pública para atender os alunos do ensino fundamental do Setor Serrano II.

O encaminhamento de expediente ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Trânsito) objetivando conseguir a doação de parte de sua área urbana para a construção da sede definitiva do Fórum de Paraíso, também está entre as solicitações. Os pedidos foram enviados pelos vereadores Romilson Ribeiro e Josefa Araújo, de Paraíso do Tocantins.

“Recebemos muitas lideranças que trazem as necessidades de nosso povo. Nosso gabinete está aberto, para que possamos atender todas as demandas, apresentando requerimentos e projetos que beneficiem todas as áreas dos municípios do Tocantins. Sou de Paraíso e busco também, atender os anseios daquela comunidade”, destacou o deputado.

Ponte

A ponte, que fica em estrada vicinal passando por dentro da propriedade do senhor Joaci Calixta, há muitos anos traz problemas às comunidades dos arredores. A falta da ponte acarreta em altos custos com combustível para o erário público, devido à volta que se dá para transportar os alunos da rede pública de ensino. A construção vem satisfazer as necessidades e anseios dos moradores da região. O acesso dos ruralistas aos serviços básicos se dá através das estradas vicinais, bem como os jovens da zona rural que enfrentam quilômetros de estradas para terem acesso a uma educação de qualidade, fato agravado pela falta da ponte, justifica a propositura.

Mercado Municipal

A importância dos mercados para a preservação de costumes e identidades locais pode ser constatada pelo crescente número de estabelecimentos que vêm sendo tombados nas esferas municipal, estadual e federal pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O pedido de revitalização do mercado vem de encontro com a importância histórica, oportunidade de investimentos para empresários e pela possível disponibilização de um elevado número de empregos aos moradores de Paraíso do Tocantins, para novas atividades turísticas e comerciais.

Creches

As creches garantem às mulheres mães tranquilidade e comodidade, porque trabalham durante todo o dia e não tem como estar com seus filhos, uma realidade dos Bairros Santana, Milena e Setor Serrano II.

Escola

O setor Serrano II ainda não dispõe de uma escola para as crianças do ensino fundamental. Isso tem prejudicado o aprendizado, que reduz devido o cansaço por causa das longas caminhadas, uma média de três quilômetros, como também, existe o risco de acidentes fatais, por terem que atravessar a BR-153. O setor Serrano ainda não tem crianças suficientes para que seja necessária a construção de uma Unidade Escolar, a sugestão é que se faça o prédio e funcione como anexo de outra escola, até que seja viável sua autonomia administrativa.

Fórum

O Tribunal de Justiça do Estado tem o interesse de construir a sede do Fórum de Paraíso do Tocantins. O projeto já existe e é uma das estruturas mais modernas do Estado, que vai acompanhar a importância regional. A construção exige que o Município, em contrapartida, faça a doação da área para a construção.

A prefeitura não dispõe de uma área pública bem localizada e com as dimensões necessárias para o investimento. Considerando que a área do DNIT é grande, bem centralizada e está a um bom tempo sem utilização, seria de grande valia que parte do terreno fosse doado para esta finalidade, até porque são milhares de metros quadrados sem uso, no centro da cidade, explica o texto da matéria. (Assessoria de Imprensa)