Educação

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, 25, último dia de atividades na Coreia do Sul, o grupo de profissionais da Educação da primeira missão internacional do Programa de Modernização da Gestão Escolar participa de uma extensa programação fora do Myonggli College. Ainda no período da manhã participa da solenidade de entrega de certificados. À tarde, o grupo conhece o Instituto de Desenvolvimento Educacional Coreano e à noite de um jantar de encerramento.

Nesta quinta-feira, 24, os integrantes da missão foram recebidos pelos diretores Hyung Jin Kim, Yoon Year Sin e Jae Wook Kim, conheceram detalhes do sistema educacional de Seul, as políticas para a educação infantil e assistiram a uma palestra intitulada “Educação Feliz”, pelo diretor Wook Kim.

À noite, foram recebidos pelo reitor do Myongji College, Kwang Woong Kim, para uma solenidade festiva, que contou com uma apresentação musical de estudantes da Myongji e um coquetel onde tiveram a oportunidade de ouvir a música coreana. A comemoração terminou em uma típica e animada quadrilha junina palmense, comandada pela professora Fabiana Gomes, onde os coreanos participaram com alegria e descontração.

O evento contou com a presença do assessor para Assuntos Educacionais da Embaixada Brasileira em Seul, Carlos Gorito. Agradecendo a recepção, o assessor especial de Assuntos Estratégicos, Hector Valente Franco, em nome do prefeito Carlos Amastha e da secretária da Educação, Berenice Barbosa, reforçou o convite aos dirigentes da Myongji para a graduação dos professores em Palmas.

Modernização da Gestão Escolar

O Programa de Modernização da Gestão Escolar é promovido pela Secretaria de Planejamento e Gestão, por meio da Escola de Gestão Pública Municipal (EGP), e tem como objetivo preparar os profissionais da educação básica, aperfeiçoando-os para o desempenho efetivo de liderança, desenvolvendo neles os saberes essenciais para uma gestão de excelência nas escolas da rede pública de Palmas. O curso, previsto para ser encerrado no primeiro semestre de 2014, possui uma carga horária de 350 horas a serem cumpridas em Palmas e 50 horas em países da Ásia e Europa.

Os selecionados serão divididos em três grupos de 30 e cada equipe irá para um país participar do intercâmbio. Quatro nações fazem parte do programa: Coreia do Sul, Cingapura, Finlândia e Itália. Os profissionais passarão uma semana no exterior com aulas de 10 horas diárias ministradas em inglês, com tradução simultânea para o português. (Secom Palmas)