Saúde

A coordenação do CCZ - Centro de Controle de Zoonoses de Gurupi,  realiza nesta terça-feira (29),  o mutirão de conscientização à população sobre a Leishmaniose Visceral (Calazar) e Dengue, bloqueio (borrifação) dos casos notificados das doenças nos setores de maior incidência.

O mutirão que começa pelo Setor Alto da Boa Vista, prossegue até sexta-feira (01/11), será realizando no horário das 08  às 11 horas e das 14 às 17:00 horas. 

O Coordenador do Centro de Controle de Zoonoses de Gurupi, Henrique Alencar Araújo, informa que essa ação será realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos Agentes de Vigilância à Saúde (Dengue); Agentes de Comunitários de Saúde; Vigilância Epidemiológica e Coordenação de Fiscalização e Posturas da Secretaria Municipal de Finanças. 

Doença

Calazar, também conhecida com Leishmaniose, que durante muito tempo era restringida ao protozoário, que é o agente causal da doença, ao mosquito transmissor e aos animais das matas, seus hospedeiros definitivos principalmente os roedores. 

A transmissão da doença se verifica por meio da picada de um mosquito da espécie Phlebotomus intermedius, popularmente conhecido como mosquito palha. É uma doença que costuma se desenvolver em cães, podendo ser transmitida ao homem. Comprometendo  os órgãos viscerais, principalmente o fígado, o baço e a medula óssea. O Calazar costuma se propagar nas regiões rurais, sendo comum no nordeste brasileiro. 

Ao picar o homem sadio, o mosquito inocula formas promastigotas, que são englobadas pelos macrófagos, transformando no seu interior nas formas amastigotas, que logo passam a se reproduzir ativamente. Estes macrófagos levam o Calazar, através do sangue, para o fígado, baço e medula óssea, produzindo graves lesões. A pessoa infectada passa a se sentir febril, cansado, nota um aumento de volume em seu fígado e seu baço, com a evolução da doença surge anemia, hemorragias nasais, gengivais e intestinais, queda dos cabelos entre outros sintomas e sinais. A morte poderá sobrevir por distúrbios respiratórios, circulatórios, etc.