Palmas

Foto: Antônio Gonçalves Nova sede da Prefeitura concentrou várias secretarias e diminuiu gastos com aluguel Nova sede da Prefeitura concentrou várias secretarias e diminuiu gastos com aluguel

Em 300 dias de gestão, a Secretaria de Planejamento e Gestão contabilizou avanços como a redução de despesas administrativas em mais de 50%, a concessão de progressões e benefícios aos servidores de carreira em atraso desde 2006, revisão do Plano de Carreira dos Trabalhadores da Educação e ampliação de investimentos para capacitação de servidores.  

No período, foi registrada queda nas despesas discricionárias, que compreende gastos como locação de veículos, telefonia, locação de imóveis, energia elétrica entre outros. Em 2012, foram gastos R$ 29 milhões, sendo que até setembro deste ano a gestão utilizou R$ 9 milhões e a previsão é fechar o ano em R$ 14 milhões, o  que representa uma economia de mais de 50% em relação ao ano anterior. 

Também foi destaque a quantidade de licitações realizadas no período. Sendo um total de 360 licitações desempenhadas neste ano. Destas, 180 são para a educação e apenas 20 adesões a atas de preço. “Esta é uma realidade bem diferente do que se fala de que a gestão adquire por meio de dispensa de licitação”, afirmou. 

Sobre o remanejamento de recursos a Câmara Municipal autorizou redistribuir até 50% do orçamento, mas segundo afirmou o ex-gestor da pasta, Adir Gentil o total remanejado não ultrapassará 15%. “Nós não  vamos passar dos 15%, o que demonstra que a gestão só utiliza o necessário”, afirmou Gentil.

Convênios

Além da redução drástica de despesas, a atual gestão alcançou a marca de mais de R$ 4 milhões em recursos captados por meio do Sistema de Convênios (SINCOV), superior ao que o Município havia alcançado nos últimos dois anos, que não ultrapassou a marca de R$ 3 milhões.  

No total, mais de R$ 34 milhões foram pleiteados em projetos apresentados. “E todos os projetos são viáveis e com grandes chances de serem aprovados”, destacou Adir.

Servidores municipais

Outra marca da gestão é o êxito do programa de formação profissional para servidores municipais, com foco na qualificação e capacitação. Até o momento 1.052 servidores foram capacitados, em 33 cursos oferecidos, representando investimento de R$ 3 milhões. 

Além disso, mais de R$ 20 milhões foram negociados para pagamento de progressões, enquadramentos e outros benefícios pendentes desde 2006.