Estado

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (CE) e a Associação Comercial e Industrial de Juazeiro do Norte - ACIJN prestaram homenagem ao governador Siqueira Campos na última sexta-feira, 1º de novembro, com a entrega do Título de Cidadão Juazeirense  e da Comenda Padre Cícero – Patriarca do Nordeste. As homenagens aconteceram no auditório Kariris, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, em Juazeiro do Norte. Emocionado, Siqueira Campos foi recebido por autoridades locais ao som da Banda Municipal Padre Cícero, regida pelo maestro Antônio Josimar.

“Estou tomado por muita emoção e gratidão, por isso não tenho palavras para agradecer essa homenagem. Sou filho de Juazeiro, meus pais viveram aqui, tive o privilégio de conhecer e conversar com o Padre Cícero e não tenho como medir toda esta emoção em palavras”, disse o Governador. O vereador Cícero Claudionor Lima, autor do Projeto de Resolução subscrito pelos demais 20 vereadores da Câmara Municipal, fez a entrega do Título de Cidadão Juazeirense a Siqueira Campos e o deputado federal Manoel Salviano (PSDB/CE) fez a entrega da Comenda Padre Cícero, com a presença do presidente da ACIJN, José Jocimar da Silva e do prefeiro de Juazeiro, Raimundo Antônio de Macedo.

O deputado Salviano ressaltou a importância de homenagear Siqueira Campos. “O Governador Siqueira Campos é nosso irmão, é da nossa terra e se tornou um político exemplar. Venceu inúmeras barreiras, consolidou sua liderança nata e criou um Estado. Colocou mais uma estrela na bandeira do Brasil, isso é motivo de orgulho para todos nós”, disse Salviano. O presidente da Associação Comercial de Juazeiro enfatizou a dedicação de Siqueira Campos pelo fortalecimento da classe empresarial. “Acompanho as ações de Siqueira Campos, sempre acompanhei, e é notória a sua preocupação em fortalecer o empresariado para garantir uma vida melhor a toda à sociedade”, afirmou Jocimar.

Em seu pronunciamento, Siqueira Campos falou do orgulho de ser filho de Juazeiro do Norte e fez um breve histórico das ações do governo do Tocantins, ressaltando a educação como forma de afastar crianças e adolescentes do assédio de criminosos. Ele falou das escolas de tempo integral, o que chamou a atenção das autoridades presentes. “Hoje nós estamos com mais de 40 escolas com regime de ensino em tempo integral só neste governo e estamos construindo mais. Alcançamos a marca de 103 mil alunos matriculados nessas escolas. Nós precisamos garantir à juventude um futuro promissor, longe da criminalidade e do uso de drogas”, assegurou.

Os programas da Secretaria do Trabalho e Ação Social também foram citados pelo governador, como o Troca Solidária, que tem 3.500 famílias, de 14 municípios, participando; o Programa Inclusão Produtiva (para geração de renda), que registra 8.250 famílias capacitadas; e, especialmente, o Tocantins Sem Fome, que atende 25.000 famílias nos 139 municípios tocantinenses e o Pioneiros Mirins, que abriga 25.800 crianças de 6 a 14 anos de idade. Outro programa mencionado pelo Governador foi o Tocantins Sem Sede, que atende 57.000 pessoas nas áreas de risco da seca.

Os vereadores solicitaram, formalmente, uma audiência com o governador no Palácio Araguaia, em Palmas, para conhecer de perto as escolas de tempo integral e demais ações da Educação no Estado do Tocantins. Eles pretendem visitar as escolas para apresentarem projeto similar à Prefeitura de Juazeiro do Norte.

Dentre as autoridades que receberam o governador em Juazeiro do Norte e prestigiaram a solenidade de homenagem estavam o deputado constituinte e ex-prefeito de Juazeiro, Mauro Sampaio; o também ex-prefeito Carlos Cruz e sua filha Ana Paula Cruz, deputada estadual; o Coronel do Exército Luciano Teófilo de Melo Neto, Diretor Geral do Superior Tribunal Militar; o empresário Francisco Alberto Bezerra, presidente do Sindilojas de Juazeiro; o historiador e professor Renato Casimiro e o pró-reitor da Universidade Regional Cariri, José Carlos.

Na comitiva do governador estavam a primeira-dama Marilúcia Siqueira Campos, Alex Siqueira Campos, o secretário do Trabalho e Ação Social, Agimiro Costa e o secretário-chefe da Casa Militar, Coronel Feitosa.