Cultura

Foto: Divulgação

Os autores araguainenses Edson Gallo, jjLeandro e José Francisco Concesso, membros da Academia de Letras de Araguaína e Norte Tocantinense – Acalanto, lançarão um livro de contos intitulado “Retratos Literários” como parte da programação em comemoração ao aniversário de Araguaína. A solenidade acontecerá no dia 28 de novembro, às 20 horas, no auditório do Sebrae.

A obra é a primeira da série Contos da Acalanto e trará quatro histórias de cada um dos autores. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Araguaína na edição e publicação do livro. “Nossa cidade tem bons autores, inclusive de destaque estadual e nacional. Esses três escritores são uma bela representação da literatura araguainense, algo que queremos difundir com força entre as comunidades”, pontua o secretário de Esportes, Cultura e Lazer, Wilamas Ferreira.

A programação de lançamento também inclui um Sarau Literário, musical com o Grupo Teatral Ciganus, apresentação do cantor Luis Tupiniquim e artistas convidados. 

Autores

O autor Edson Gallo possui contos e crônicas premiados em concursos e livros de poesias publicados. jjLeandro atua como free-lancer em grandes jornais do Brasil e na mídia digital, além de ser autor de um blog e ter várias obras premiadas e publicadas no país.  Já Francisco Concesso é o criador da Acalanto e possui no repertório livros publicados, contos, crônicas de viagem, obras pedagógicas, entre outros. 

Obras 

Os contos de Edson Gallo trazem histórias como a transformação de um personagem solitário numa máquina da modernidade; o futuro às margens do Rio Lontra, em Araguaína; e contos com enfoque na sabedoria popular retratando os tempos de bancário do autor.

José Francisco Concesso, conhecedor da geografia e história tocantinense, apresenta relatos testemunhais das impressões sobre nosso Estado; a migração de cidadãos de outras localidades para cá, auxiliando na formação de nossa cultura; e brincadeiras com a linguagem explorando os rincões tocantinenses.

Já jjLeandro, sob a áurea de Mário Quintana, escreveu contos que tratam de uma reflexão sobre o envelhecimento e a solidão; a curiosidade infantil no âmbito do holocausto nazista; a linha tênue entre amor e frieza; e memórias juvenis da vivência no município de Carolina, no Maranhão. 

Contos

Edson Gallo: “Multidão”; “Memória”; “Um certo domingo doido”; “Panelada de Negócios”.

 José Concesso: “Água fria na fervura”; “As aparências podem enganar”; “Esquecido na Abissínia”; “Mundo além do porenquanto”.

jjLeandro: “Meu quarto de hotel”; “O segredo da hamster nazista”; “Os cães nunca esquecem”; “Garotas, cuba libre e cigarros”.