Polí­cia

Foto: Divulgação

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira, 02, na Sala de Reuniões do QCG – Quartel do Comando Geral, em Palmas, o Comando Geral da Polícia Militar do Tocantins, na ocasião representado pelo Chefe do Estado Maior, Coronel Gilberto Nogueira da Costa, divulgou à imprensa a “Operação Boas Festas com a Polícia Militar”, que tem por finalidade proporcionar mais segurança à população em todo o Estado neste final de ano.

A Operação inicia hoje e só termina no dia 2 de janeiro. As ações serão executadas nos 139 municípios do Estado, com apoio da Polícia Civil. Na capital e nas principais cidades do interior do Estado, a Operação terá reforço de equipes da CIOE – Companhia Independente de Operações Especiais, com ações de policiamento ostensivo e repressivo.

A CIPRA – Companhia Independente de Policiamento Rodoviário e Ambiental  também realizará barreiras e fiscalização aquática, com ações de repressão a crimes contra a natureza e à pesca predatória, já que está no período da piracema.

Além dos militares, a coletiva contou com a participação do secretário de Segurança Pública, José Eliú Andrada Jurubeba e o representante da ACIPA, Anderson Luiz Justino Martins.

De acordo com o Comandante do Policiamento da Capital, coronel Messias,  haverá uma atuação mais ostensiva dos policiais nas áreas comerciais das cidades e nos pontos de maior fluxo de pessoas, no entanto, as viaturas ordinárias serão direcionadas para os bairros e quadras de Palmas, aumentando, assim, a segurança para a comunidade.

O chefe do Estado Maior da PM, Coronel Nogueira informou que o efetivo normal de patrulhamento será reforçado com o emprego de cerca de 500 policiais militares do serviço administrativo da PM. 

“É uma determinação do Governador do Estado que a Polícia Militar e a Polícia Civil empenhem todos os esforços para proporcionar segurança à sociedade, e, como sempre temos feito em outras operações executadas, iremos desenvolver um trabalho sério para coibir qualquer tipo de delito, tendo em vista que no final do ano aumenta o volume de pessoas e de dinheiro circulando nas cidades”, disse o Coronel Nogueira, solicitando o apoio da comunidade no sentido de informar à PM, quando perceber qualquer elemento estranho.

Nas áreas comerciais será realizado o policiamento ostensivo a pé e motorizado, e intensificado o patrulhamento nas áreas residenciais e estabelecimentos prisionais. Também serão realizados bloqueios nas entradas e saídas das cidades, com a blitz e abordagens a motociclistas e motoristas suspeitos.

Na ocasião, o representante da ACIPA, Anderson Luiz Justino Martins, apresentou uma cartilha com Dicas de Segurança que será distribuída pela Polícia Militar para os comerciantes.