Esporte

Foto: Divulgação Deputado Wanderlei ao receber posse do presidente da UPM Kennedy Nunes e do coordenador Flávio Monteiro Deputado Wanderlei ao receber posse do presidente da UPM Kennedy Nunes e do coordenador Flávio Monteiro

O deputado Wanderlei Barbosa (SDD) esteve em Florianópolis/SC, onde foi eleito para presidir o fórum permanente de discussões educacionais voltadas para os estudantes do Mercosul que estudam fora de suas pátrias. O parlamentar assume o cargo com a missão de facilitar a vida de estudantes Brasileiros que deixam seus Estados com o sonho de concluírem o ensino superior, principalmente em medicina nos países do Mercosul, e sofrem com as dificuldades em revalidarem seus diplomas.

O anuncio foi feito durante assembleia extraordinária da União de parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul, realizada no último dia 28, com representantes dos países ligados a UPM. Segundo o parlamentar, as discussões em torno do assunto serão iniciadas o mais breve possível, e sugeriu que os debates tenham início nas assembleias legislativas dos Estados, e com os parlamentos provinciais e nacionais dos países do Mercosul.

“Somente na Bolívia são mais de 20 mil estudantes brasileiros, desses, 98% cursam medicina e as dificuldades enfrentadas por esses alunos, me fez integrar ao bloco de Parlamentares do Mercosul. Além das dificuldades em revalidar seus diplomas, ainda sofrem discriminações na Bolívia, argentinos pagam taxas de permanência inferiores, e quando formados ainda sofrem com o preconceito”, frisou o parlamentar, preocupado com essa realidade.

Conforme o deputado catarinense Kennedy Nunes (PSD), uma missão especial da UPM está marcada para o início de fevereiro na Bolívia, quando recomeçam as aulas no país. Nunes, esteve recentemente em Santa Cruz de la Sierra, acompanhado do deputado Wanderlei Barbosa, e destacou que para a próxima visita será convidado deputados federais, senadores e representantes dos ministérios da Educação e da Saúde, além do envolvimento dos parlamentos dos países membros da UPM.

UPM

A União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul, é uma entidade criada em 1999 congrega parlamentares estaduais e regionais da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além do Chile. Foi reconhecida pelo Parlamento do Mercosul como entidade oficial de representação dos parlamentares regionais dos países membros. Luta por um mercado comum no Mercosul, como na União Européia, além da União, tanto no aspecto político como social entre os países sul-americanos.