Geral

Foto: Divulgação Arcebispo metropolitano Dom Pedro Brito Guimarães Arcebispo metropolitano Dom Pedro Brito Guimarães

No sábado, 07 de dezembro, à 10:30h, a Arquidiocese de Palmas, na pessoa do arcebispo metropolitano Dom Pedro Brito Guimarães, irá inaugurar o Centro Amor Social Papa Francisco, na quadra 1104 Sul, Alameda 02.  O Centro Amor Social Papa Francisco, englobará as diversas ações sociais e caritativas da Igreja Católica.

Trata-se de uma iniciativa que vai aglutinar em um só local as diversas ações sociais e caritativas da Igreja Católica. “Nesse espaço vão funcionar alguns serviços e programas que atenderão e encaminharão as pessoas para a rede de atendimento já presente em Palmas e municípios vizinhos, nas áreas de defesa, proteção, saúde, educação e outras”, explicou o arcebispo.

“O papa Francisco está sendo homenageado porque acreditamos que sua mensagem tem alcançado a todos nós, e nos faz refletir sobre os gestos concretos de amor que devemos fazer para o próximo”, destacou Dom Pedro.

Autoridades civis e eclesiásticas são esperadas para a inauguração do Centro Amor Social Papa Francisco, além de agentes de pastoral e representantes de todas as paróquias de Palmas.

Atividades

O Centro Amor Social Papa Francisco vai abarcar as seguintes entidades e programas:

- Ação Social Arquidiocesana de Palmas (ASAP, que coordenará o Centro);

- Cáritas Arquidiocesana (organismo que apoia projetos e iniciativas de grupos vulneráveis, como indígenas, catadores de lixo, agricultores, etc);

- Projeto Amor Social (que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida das famílias carentes);

- Projeto Casa de Marta (que acompanha e orienta adolescentes grávidas);

- Projeto Semeando Amor (que qualifica e forma profissionalmente as famílias para sua autossustentabilidade);

- Art’Sacra Companhia de Teatro (grupo artístico que insere jovens no mundo do teatro);

- Ouvidoria Familiar (projeto do Setor Família da Arquidiocese que disponibiliza gratuitamente para as famílias profissionais da área da psicologia, saúde e direito);

- Biblioteca Comunitária (em parceria com a Faculdade Católica do Tocantins);

- Conselho Arquidiocesano dos Diáconos Permanentes.