Cultura

Foto: Divulgação

O Centro de Convivência dos Idosos do Tocantins realiza neste domingo, 8, a partir do meio dia, a sua 2ª Feijoada Solidária com a participação voluntária de vários artistas tocantinenses. Ao custo de R$ 20,00 pela feijoada, preparada pelos diretores da instituição e alguns dos idosos usuários, aquele que adquirir o ingresso poderá ainda apreciar show de stand-up comedy com Paulo Vieira, e apresentações musicais de Nacha Moretto e Jorge Menares, Anne Raelly e Fábio Geriz, Daniel Babilônia e Thiago Play, Sandro Petrilli, Piettro Lamounier e banda Acústico BobS. Todos os artistas abriram mão dos seus cachês em prol da instituição.

Os ingressos já estão à venda nas lojas CVC do Capim Dourado Shopping e do Centro (em frente à Fieto), e também na Overend, que fica no 2º piso do Palmas Shopping. No dia do evento será ainda realizado um bingo com brindes conseguidos junto ao comércio. Vários empresários estão contribuindo para a realização do evento e todos serão homenageados pelos idosos no domingo durante a realização da feijoada.

Uma das produtoras do evento, Juliana Arraes diz que “a ideia inicial era promover somente uma edição em setembro passado, mas a repercussão foi tão positiva, e a instituição necessita tanto de parceiros, que acabamos repetindo a dose nesse mês de dezembro, onde o espírito solidário das pessoas está mais a flor da pele.” E ela completa explicando como o evento vale muito a pena: “Unimos gastronomia, arte e solidariedade numa tarde de domingo que promete ser animada, com artistas maravilhosos a um custo de apensas R$ 20 reais e a certeza de que uma boa ação está sendo feita”.

O Centro de Convivência dos Idosos, que fica na Avenida NS 02 Quadra 1002 Sul conjunto 02 lote 10 (ao lado do Athenas Futebol Society), é uma entidade civil sem fins lucrativos, mantida por uma ONG, que promove o desenvolvimento da pessoa idosa, através da realização de atividades lúdicas, desportivas, recreativas, culturais e a reeducação postural, atendendo mais de 80 idosos.  Karla Milhomens Dourado, que preside o centro, explica que “iniciativas como essa são fundamentais para viabilizar os trabalhos que tocamos. Só mesmo a solidariedade das pessoas, e o trabalho voluntário que já temos aqui junto com algumas universidades e outros tantos abnegados, é que nos permite continuar funcionando”.

Na primeira edição, realizada em setembro, participaram o comediante Bruno BBB, e os músicos Pietro Lamounier, Matheus Mancine, Quesia Carvalho, Nacha Moretto e Jorge Menares, Dorivã, Genésio Tocantins, Toninho Borges, Haphelson Marabá e a banda VeiÉtu.