Palmas

Foto: Divulgação

Após as duas audiências que aconteceram na quarta e quinta-feira, 11 e 12, com o ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, e com a equipe técnica do Ministério para apresentação e discussão do projeto Bus Rapid Transit (BRT, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, destacou que o projeto contou com a aprovação dos técnicos. “Estamos confiantes, já que conseguimos mostrar a necessidade do BRT Palmas de imediato e também os resultados para o futuro”, afirmou o gestor municipal.

O presidente do Instituto Municipal de Planejamento de Palmas (Impup), Luiz Masaru Hayakawa, explicou que a integração do BRT com locais onde já possuem e em que estão sendo construídas unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida faz parte da inovação do projeto.

“Nossa credibilidade foi provada, uma vez que é o único projeto que integra os programas de habitação, entre eles, o Minha Casa Minha Vida. Serão integrados as regiões Norte e Sul com mais segurança, economia e rapidez”, afirmou Massaru.

Palmas inclusa

Segundo o presidente, o projeto está incluso dentro do programa de mobilidade urbana do Governo Federal, que anunciou em junho mais de R$ 50 bilhões para investimentos nesta área. Masaru lembrou também que a Capital tocantinense  não possui o número de habitantes exigidos no programa.

“A maioria das cidades que estão pleiteando o recurso possuem mais de 500 mil habitantes, o mínimo para participar é de 300 mil, mas o trabalho do prefeito com a presidente Dilma e com os demais ministros comprovou a necessidade do BRT e os benefícios para os palmenses”, informou.

Participação

O ministro das Cidades ressaltou a importância da participação do chefe do Poder Executivo em todas as reuniões técnicas junto com o Governo Federal e afirmou também que esta é a primeira vez que um prefeito está junto com a equipe técnica acompanhando todos os projetos.

Outubro

Em outubro deste ano, o prefeito Carlos Amastha esteve reunido com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e com a secretária substituta da Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Isabel Sales, para apresentar os detalhes do projeto de mobilidade urbana da Capital e pleitear recursos para a execução do mesmo.

Novembro

Já no início de novembro, a analista de Infraestrutura do Ministério das Cidades, Railda Bitteencourt, esteve em Palmas para obter informações sobre o projeto (BRT). A visita técnica foi um pedido do secretário nacional de Transporte e Mobilidade, Júlio Eduardo Santos. Masaru levou a analista para conhecer avenidas em Taquaralto, Jardim Aureny I, II, III e IV; Taquari, Avenida Theotônio Segurado, Setor Bertaville e Santo Amaro que corresponde a parte do percurso onde o BRT será implantado. Outro local visitado foi o antigo terminal de ônibus ao lado do Rodoshopping.

Presentes

Os secretários de Governo e Relações Institucionais, Tiago Andrino; de Habitação, Aleandro Lacerda; de Finanças, Claudio Schüller e de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte, Cristian Zini, também acompanharam o prefeito. (Secom Palmas)