Estado

A jornalista e Mestre de Cerimônias, Leide da Silva Theophilo Parrião encaminhou nota para esclarecer que durante o evento de entrega de 20 caminhões na sexta-feira,13,  para prefeitos em frente à Federação da Agricultura e Pecuária- Faet a menção de “eterno governador” ao ex-governador Marcelo Miranda não foi orientada pela organização do evento, nem pela Instituição contratante do serviço de cerimonial.                            

“Venho, por meio desta nota esclarecer que, durante evento de entrega de veículos do “Programa de Aceleração do Crescimento 2”, na sede da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (FAET), na sexta-feira, 13/12, ao chamar ao palco de autoridades o ex-governador Marcelo de Carvalho Miranda, por iniciativa própria, como mestre de cerimônias da solenidade, nomeei o político como “eterno governador”, sem que isso constasse no script do cerimonial”, esclareceu.

O evento foi do governo federal em parceria com a Faet e reuniu vários políticos da oposição.

Por: Redação

Tags: Marcelo Miranda, faet