Campo

Foto: Divulgação

Foi publicado no site do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) o resultado das chamadas públicas nº12/2013, o qual o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) venceu os três lotes, que somados, garante recursos da ordem de mais de R$ 6,5 milhões para serem aplicados nas ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) para promoção da agricultura familiar agroecológica, orgânica e agroextrativista.

De acordo com o supervisor geral de planejamento, convênios e captação de convênios do Ruraltins, Adenieux Santana, esses recursos fortalecerão ainda mais as atividades da extensão rural no Estado, “essas chamadas vem ao encontro com as ações que o órgão já desenvolve, o que consiste na potencialização da atividade no Estado”, disse Santana, ressaltando que os recursos serão aplicados nos custeio das operações, reestruturação das unidades, capacitação de técnicos extensionistas, dentre outros.

Ainda de acordo com Santana, para o orçamento de 2014 destinado à assistência técnica e extensão rural, 80% serão oriundos do tesouro estadual, sendo os 20% restantes provenientes de parcerias com entidades públicas e privadas.

Com essas chamadas públicas serão beneficiadas no Tocantins 1.250 Unidades familiares de produção da agricultura familiar, contemplando 26 municípios distribuídos nas regiões do Bico do Papagaio, central e sul, sendo eles: Carrasco Bonito, Araguatins, Axixá, Buriti, Esperantina, Sampaio, Augustinópolis, Praia Norte, São Miguel, São Sebastião, Sítio Novo, Pium, Brejinho de Nazaré, Caseara, Chapada de Areia, Miranorte, Miracema, Nova Rosalândia, Porto Nacional, Araguaçu, Cariri, Dueré, Figueirópolis, Alvorada, Talismã e Jau do Tocantins.

Para a presidente do Ruraltins, Miyuki Hyashida, esse resultado é fruto da competência dos técnicos do órgão, “graças ao empenho dos nossos técnicos e dos investimentos do governo do Estado, a situação da extensão rural vem se fortalecendo e nos proporcionando condições de realizarmos ações de boa qualidade aos agricultores do nosso Estado, lhes garantido condições de crescimento e mais qualidade de vida no campo”, considerou Hyashida.

O MDA tem se consolidado como um grande parceiro do Ruraltins no financiamento dos serviços de ATER no Estado. Somente no primeiro semestre de 2013, foram firmados três contratos, perfazendo recursos da ordem R$ 9,5 milhões. No segundo semestre mais R$ 2 milhões na forma de contrato de repasse com a Caixa Econômica, destinados à aquisição de 38 veículos.

Chamadas públicas

As chamadas públicas do MDA e INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária visam à promoção da agricultura familiar de forma sustentável.

O objetivo principal é atendimento às famílias por meio do Ruraltins, na prestação de serviço de assistência técnica e extensão rural destinada a agricultores e agricultoras familiares, compreendendo o planejamento, a execução e a avaliação de atividades individuais e coletivas, com vistas ao desenvolvimento sustentável das Unidades de Produção Familiar.