Estado

O Centro de Direitos Humanos de Palmas, em Parceria com o curso de História da Universidade Federal do Tocantins, aprovou através do edital “Marcas da Memória” do Ministério da Justiça o Projeto “Memória, Verdade e Justiça no Estado do Tocantins”, que pretende durante o ano de 2014, coletar e organizar documentos, depoimentos, fotografias e demais registros acerca dos fatos envolvendo a repressão política no estado durante os anos de 1964 e 1985.

O projeto pretende através desse trabalho, tornar público documentos relativos à ditadura militar no estado do Tocantins, que não se encontram no estado, já que o Tocantins não tem arquivos organizados sobre o período,  bem como resgatar as memórias das pessoas que sofreram o impacto da repressão na época, visando divulgar essa história à população tocantinense. Terá como alguns de seus produtos finais uma cartilha a ser distribuída na rede pública de ensino bem como um documentário.

O projeto ocorre também em parceria com o Comitê Memória, Verdade e Justiça do Tocantins e seus integrantes e realizará dois eventos ao longo do ano, abertos ao público.

Colaboração

Para ser realizado, o projeto poderá contar com a colaboração de pessoas que se interessam pelo tema e possuam informações relevantes sobre o assunto. Também é de extrema importância a divulgação das ações que serão realizadas, uma vez que, em 2014, completam-se 50 anos de golpe militar. Fomentar a presença do tema da ditadura militar na mídia dentro do estado, visto que ele ainda é incipiente à maioria da população, se mostra fundamental para o resgate da memória e história do Tocantins.