Educação

Com o reinício das aulas, muitos pais que ainda não contam com transporte escolar começam a procurar o serviço. Mas é preciso ficar atento. Segundo vistoria realizada entre julho e agosto de 2013 pelo Detran Tocantins em todo Estado, do total de 1.425 veículos vistoriados, 629 foram considerados aptos e 796 foram considerados inaptos. A medida busca garantir segurança para as crianças que utilizam o serviço, como afirma o assessor jurídico do Detran, Júlio Poli.

Júlio Poli orienta que antes de contratar o serviço, no entanto, é preciso verificar se o veículo tem autorização para transportar crianças e adolescentes e ficar atento aos itens de segurança.

Os pais podem verificar ainda se o motorista fez o curso de capacitação exigido para o transporte escolar. A informação consta na carteira de habilitação, que precisa ser da categoria D.

Por: Redação

Tags: Júlio Poli, Transporte escolar