Polí­tica

Foto: Divulgação

Com a eleição deste ano e a mudança de planos políticos por parte de alguns deputados estaduais pelo menos seis vagas na Assembleia Legislativa do Tocantins devem ser abertas. Maioria deles quer tentar uma das oito seletas vagas na Câmara dos Deputados.

A deputada do PMDB, Josi Nunes quer disputar o cargo de deputada federal assim como o pevista Freire Junior que também já confirmou tal pretensão. O deputado estadual e presidente regional do PTB, José Geraldo de Melo Oliveira é outro com intenção de se candidatar a federal e inclusive já busca construir uma base política nos municípios.

Além desses três deputados com pretensões declaradas há ainda Raimundo Palito (PEN) e Raimundo Moreira (PSDB) que não vão mais se candidatar. Palito confirmou ao Conexão Tocantins esta semana que aceitou assumir a Secretaria Estadual de Trabalho e Ação Social justamente porque tem o compromisso de não ser candidato este ano. O parlamentar porém avisou que quer ser secretário de fato e de direito e ter autonomia inclusive para nomear sua equipe de trabalho.

Já Moreira que foi presidente da Casa de Leis nos anos de 2011 e 2012 ainda se recupera de um tratamento de saúde em razão de um câncer.

Além dos que tem pretensões e dos parlamentares que pretendem encerrar a carreira há ainda a possibilidade do atual presidente da Casa de leis, Sandoval Cardoso também abrir uma vaga já que ele cogita, como o Conexão Tocantins anunciou em primeira mão, a hipótese de ser candidato a vice-governador no caso de uma candidatura do ex-senador Eduardo Siqueira Campos ao governo. O próprio Sandoval disse ter interesse na vaga de vice.

O deputado Marcelo Lelis (PV) também pode disputar uma vaga na majoritária pelo grupo da oposição já que o partido já definiu tal pretensão. Outros deputados definem se vão também tentar uma cadeira na Câmara Federal como a deputada Luana Ribeiro (PR) e ainda Sargento Aragão (PROS).

A disputa para a eleição na Assembleia será acirrada já que além dos que vão buscar reeleição um grupo de candidatos de várias legendas já começaram também a trabalhar nas bases visando o pleito. Vários ex-auxiliares do governo estadual como os ex-secretários Jaime Café, Agimiro Dias e Olintho Neto, por exemplo, também deixaram a gestão de olho nas vagas.

Câmara Federal

Na Câmara Federal dois dos oito deputados atualmente são cotados para disputar vagas em chapas majoritárias: o deputado federal Junior Coimbra que começa nesse semana a pré-campanha com intenção de ser candidato ao governo, o deputado Eduardo Gomes (SDD) que tem o nome cotado para disputar o Senado e ainda Cesar Halum (PRB), que também tem sido sondado para concorrer a única vaga de senador pelo Tocantins. Gomes e Halum tem afirmado que a pretensão inicial é disputar reeleição mas as articulações de bastidores e composições podem culminar numa indicação de pelo menos um dos dois para o Senado Federal.