Economia

O Banco da Amazônia esta trabalhando para favorecer cada vez mais o desenvolvimento econômico do Estado do Tocantins. A cada ano aplica valores significativos para diversos segmentos como a agricultura, pecuária, indústria, infra estrutura, fruticultura dentre outros. Para 2014 será aplicado um montante de R$ 1 bilhão. Para oficializar este beneficio ao Estado, o Presidente Nacional da Instituição, Valmir Rossi assinará um Acordo de Cooperação com o governo do Tocantins, no intuito de aplicar as linhas de financiamento e programas de crédito de fomento disponíveis pelo Banco. A assinatura ocorre nesta quarta-feira, 12, às 10h, no Palácio Araguaia em Palmas e conta com a presença do superintendente regional do banco e de gerentes.

Na ocasião, também será assinado o contrato do Projeto de EcoPorto Praia Norte, o qual será pioneiro na consolidação da Hidrovia do Tocantins e colocará o Estado na rota de dois dos principais portos do Brasil: o de Manaus  e o de Belém.

O presidente Nacional do Banco da Amazônia, Valmir Rossi, cumprirá uma agenda especial no Estado, onde participará de reunião com representantes das Federações da Indústria, Agricultura, do Comércio, Associação Comercial, Ministério do Desenvolvimento Agrário, INCRA, SEBRAE . O encontro acontecerá às 9 hs, na agência Palmas, onde haverá uma contratação para aplicação de recursos no setor hoteleiro da capital.

 Resultados

De acordo com o superintendente do Banco da Amazônia no TO, Marivaldo Melo, o Banco financiou em 2013, mais de R$ 828 milhões em contratações de crédito de fomento investido pela instituição. Se comparado com o ano anterior, houve um avanço de 33%, devido à aplicação de R$ 620 milhões em 2012. “Este acréscimo contribuiu para o crescimento e desenvolvimento de cadeias produtivas do Estado dentre elas a pecuária, soja, seringueira e piscicultura”. 

 O Banco se fez presente em todos os estados que compõe a Região Norte, atingindo marcas inéditas. Em 2013, as aplicações em crédito alcançaram o valor de R$ 6,65 bilhões, sendo somente com recursos do FNO o total de R$ 4,72 bilhões. Os investimentos de crédito de fomento na Região Amazônica atingiram o valor de R$ 5,38 bilhões.

Nos segmentos da agricultura familiar e no turismo, foram destinando ao primeiro R$ 670 milhões e na última R$ 626,9 milhões. No Tocantins, em 2013 foram aplicados R$ 81,44 milhões na agricultura familiar. Em agronegócios foram investidos cerca de R$ 1,169 bilhão, sendo que o Tocantins teve destaque recebendo, desse total, o valor de R$ 348,5 milhões.

Para as micro e pequenas empresas não-rurais foram destinados R$ 669,56 milhões no último ano, registrando um aumento de 25,92% com relação a 2012. As contratações neste segmento em 2013 foram na ordem de R$ 173,84 milhões em mais de 2 mil operações.

Números em resumo:

* Tocantins:

- Nº de unidades do Banco = 22, sendo 17 agências;

- Municípios atendidos com o FNO = 139 municípios (100% do Estado);

- Previsão de recursos do FNO para Tocantins para 2014 = R$ 918 milhões;

- Total aplicado somente em Tocantins em 2013 = R$ 828 milhões

- Total de recursos de fomento previstos para 2014 para o Estado = R$ 1 bilhão;

- Previsão de geração de postos de trabalho = 8.099 ocupações;

* Na Região Norte:

- Total aplicado com recursos do FNO, em 2013, na Região Norte = R$ 4,72 bilhões;

- Previsão para 2014 = R$ 5,4 bilhões;

* Na Amazônia:

- Total aplicado com créditos de fomento = R$ 6,65 bilhões;

- Previsão para 2014 = R$ 9,2 bilhões