Polí­tica

Foto: Divulgação Amastha também chegou a dizer que é a favor que o ex-governador Marcelo Miranda assuma vaga no Senado Amastha também chegou a dizer que é a favor que o ex-governador Marcelo Miranda assuma vaga no Senado

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), comentou através de sua rede social o julgamento da cassação do governador Siqueira Campos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que foi interrompido pelo pedido de vistas do presidente, ministro Marco Aurélio. “Muito satisfeito com o julgamento do TSE. O Tocantins não merece mais instabilidade política e administrativa. Tem que ganhar no voto”, disse. No julgamento a maioria dos ministros seguiram o voto da relatora Luciana Lóssio e negaram o provimento do recurso do ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) que acusou Siqueira de uso indevido de meios de comunicação.

O gestor comentou ainda que esses julgamentos deveriam ter obrigatoriamente um prazo máximo de 12 meses para acontecer. “Não tem como criar confiança sem estabilidade”, relatou.

Amastha também chegou a dizer que é a favor que o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) assuma vaga no Senado, possibilidade cogitada pelos aliados do peemedebista.