Palmas

Dando continuidade às discussões, o prefeito Carlos Amastha, técnicos da Prefeitura de Palmas e membros da classe empresarial de Palmas se reuniram no final da tarde da ultima quinta-feira, 13, para discutir o projeto que viabiliza soluções para criação de vagas na região central da cidade até que o Sistema de Estacionamento Rotativo Pago (SERP) seja implantado. No encontro foram discutidas ainda as mudanças que poderão ocorrer no curso de duas vias das quadras 104 Sul e Norte.

Na prática, as secretarias de acessibilidade, mobilidade e transporte e de segurança, defesa civil e trânsito estudam alternativas que deem mais agilidade e segurança para os pedestres e motoristas, gerando menos conflitos no trânsito da região central da Capital.

Segundo a diretora de circulação urbana sustentável, Joseísa Furtado, o planejamento prevê uma redefinição do padrão dessas vias para que sejam divididas entre vagas de estacionamento e local para passagem de pedestres até a implantação do estacionamento rotativo.

“Estamos estudando como utilizar as calçadas temporariamente como estacionamento sendo respeitado o espaço do pedestre e o do veiculo que é no mínimo 5 metros para o veiculo e 1,5 para transito dos pedestres. Tudo será regulamentado com sinalização e deverão passar por adaptações como a implantação de sinalizadores”, explicou a diretora, adiantando que em 30 dias, esse estudo seja concluído.

Após a conclusão do estudo, os estacionamentos deverão conter sinalização padrão feitos pela Prefeitura com limitadores nos locais. Já as fiscalizações seguem normalmente. “Os condutores só poderão estacionar nos locais regularizados. Quem não estacionar no local regulamentado estará passível de multa, pois estará infringindo a lei”, ressalta o secretário de segurança, defesa civil e trânsito, Coronel Ribamar Pereira.

Mudança de vias

Entre as propostas discutidas, também foi apresentado a possibilidade de alterar o sentido de circulação das ruas SE 5 e NE 5. O estudo prevê que a Rua SE 5, paralela à avenida LO-01, localizada na quadra 104 Sul, terá sentido oeste/leste, ou seja, os carros irão trafegar da Praça dos Girassóis sentido Serra do Carmo.

Já no caso da rua NE 5 (rua do Hospital Maternidade Dona Regina), Quadra 104 Norte, o curso da via se inverte. Só serão permitidos automóveis transitando sentido Praça dos Girassóis.

Para o secretário Coronel Ribamar Pereira, “essas alterações foram bem sucedidas em outras vias nas mesmas quadras e devem melhorar o trânsito nessas que estão sendo estudadas”, afirma.

Empresários aprovam

Os empresários receberam o projeto de forma positiva. Como ressaltou o proprietário da Loja Nova Cosmético, Gilberto Deveza, que participou das discussões. “Com este sistema atual de estacionamento eu tenho apenas três vagas a oferecer aos meus clientes, com esta nova ideia eu voltarei a ofertar nove vagas. No entanto, ainda assim a melhor solução é o SERP, porque aumenta a circulação de consumidores e consequentemente de capital”, expôs o empresário que parabenizou o gestor municipal pela oportunidade de ouvir a classe sem impor sua opinião. (Secom Palmas)