Palmas

Foto: Divulgação

Na terça-feira, 18, o prefeito Carlos Amastha, acompanhado de sua equipe, da diretoria da Foz Saneatins e de lideranças comunitárias, visitam as obras de esgotamento sanitário na região sul da capital. Na região serão implantadas três Estações de Tratamento de Esgoto no Santa Bárbara, Santa Fé e Taquari, todas com conclusão das obras prevista para 2014

São investimentos que irão beneficiar mais de 100 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto da área mais carente e que apresenta a maior expansão populacional da cidade.  As três estações, juntas, terão capacidade de tratar 60 litros de esgoto por segundo. Paralelo à implantação das estações de tratamento, estão sendo executados 290 mil metros de redes coletoras.

Essas redes coletoras atenderão os bairros Taquari, Bela Vista, Sol Nascente, Setor Sul, Santa Fé, Vale do Sol, Setor Canaã, Morada do Sol, Maria Rosa, Aureny IV, Irmã Dulce, Vila Piauí e Taquaralto, onde se encontra umas das maiores concentrações de comércios de Palmas. Os sistemas de coleta e tratamento também atenderão as quase cinco mil unidades residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida, já em implantação ou em fase aprovação.

Para o prefeito Carlos Amastha, essa é uma importante conquista do executivo municipal que, através do Conselho Gestor de Saneamento, antecipou o cronograma de obras para atender inicialmente a região sul. “Dessa forma beneficiamos de imediato um grande número de pessoas e colocamos quem mais precisa na frente, sem prejuízo às outras áreas da capital”, explica o prefeito Amastha.

Segundo o Diretor-Presidente da Foz Saneatins, Mário Amaro, o sul de Palmas apresenta um lençol freático alto, o que ocasiona o extravasamento das fossas durante o período chuvoso, problema que será resolvido com a chegada das novas redes. “Saneamento é saúde. A população atendida terá de imediato uma condição de vida com mais qualidade, com reflexo, sobretudo, na saúde das crianças, maiores impactadas pelas doenças de veiculação hídrica”, afirma.

As ações fazem parte do programa Palmas Cidade Azul, da Prefeitura de Palmas, e do programa de investimentos da Foz Saneatins que injetará na capital R$ 240 milhões, financiados pelo Programa Saneamento para Todos, do Governo Federal e operado pela Caixa, para expansão e modernização dos serviços de distribuição de água tratada e coleta e tratamento de esgoto. 

A região norte também está sendo contemplada pelos investimentos, em junho de 2013, a empresa inaugurou a Estação de Tratamento de Esgoto Norte, uma das mais modernas do país, com capacidade para atender até 215 mil habitantes do Plano Diretor Norte do município. Estão previstos também investimentos em Taquarussu e Buritirama.

Foz Saneatins

Juntamente com a realização das obras e investimentos, a Foz Saneatins realiza o Programa Saneamento é Vida, que visa mobilizar e envolver a comunidade na implantação e utilização dos sistemas de água e esgoto, por meio de ações informativas sobre obras, incluindo cronogramas e dicas de acesso e segurança.

Outro eixo importante é o trabalho de educação ambiental que vai mostrar a importância desses serviços para a saúde e a qualidade de vida das pessoas, assim como para a preservação da natureza.

Ações

Palestras de Educação Ambiental nas Instituições de Ensino; Apresentações Teatrais; Plantão social; Laboratório Móvel; Oficinas de reciclagem e teatro; Visitas a unidades de tratamento de água e esgoto – Programa Portas Abertas; Visitas de Sensibilização nas áreas de Campo; Porta a Porta; Capacitação de agentes de saúde; Apoio a projetos socioambientais; Prêmio Foz Saneatins. (Secom Palmas)