Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada estadual do PMDB, Josi Nunes foi à tribuna na Assembleia Legislativa do Tocantins para criticar e apontar os principais problema da Saúde no Estado. “Começamos o ano de 2011 e terminamos esse mandato com os mesmos problemas e temos ano após ano as mesmas desculpas”, disse. Ela disse que a novela da insatisfação na Saúde se arrasta por anos e anos. “ Seis secretários passaram pela pasta e os problemas continuam os mesmos”, frisou. Ela falou também da falta de segurança Pública nos hospitais e criticou a falta de investimento na área bem como o desperdício de medicamentos.

O deputado Amélio Cayres (SDD) saiu logo em defesa do governo. “O problema temos que resolver encarando o problema e não fazendo política”, disse.

O líder do governo, Carlão da Saneatins também respondeu e disse que o governo federal tem fechado as torneiras e os cofres. “Enquanto o governo federal não contribuir com o dinheiro não tem Estado que aguente”, frisou. Sobre a segurança Carlão disse que o HGP já está com o serviço de segurança armada. Ele aproveitou para alfinetar o governo anterior do PMDB. “Infelizmente pegamos o Estado sucateado”, disse.

Josi em resposta ironizou: “Acho que vocês estão morando em outro Estado”, disse. Ela reforçou a falta de segurança. “Onde estão os investimentos? E os hospitais que eram para ser construídos? Será que esses problemas não existem. Será que é preciso recurso federal para resolver o problema da segurança, dos medicamentos?”, questionou. “Essas justificativas mostram que faltam vocês conversarem com o povo tocantinense”, disse.

Em seguida Solange também entrou na discussão e elogiou a Saúde. “Já visitei várias vezes e via calamidade e me surpreendi semana passada porque cheguei no hospital e não tinha ninguém no corredor. As pessoas estavam satisfeitas”, disse citando ainda que alguns hospitais estão em reforma. “ Não podemos ficar só com críticas e críticas porque só isso não resolve”, afirmou. Segundo ela o ministro da saúde durante visita á capital na semana passada elogiou a Saúde do Estado.

Os deputados da oposição, José Roberto Forzani e Sargento Aragão também criticaram e afirmaram que o atual governo mostrou que é incapaz de gerir a saúde. “Nossa saúde é a pior do País”, disse Aragão.