Polí­cia

No domingo, 02, em Tocantinópolis, o estudante Igor Daniel Nobre Domingos, 18 anos, foi preso pela Polícia Militar e Polícia Civil, acusado de matar com vários golpes de faca, o mecânico Michel Alves Matos, de 21 anos.

O crime aconteceu por volta das 21h no circuito de carnaval, no local, testemunhas informaram que alguns dos foliões teriam se envolvido em uma briga, e logo após o estudante  teria desferido vários golpes de faca no mecânico, que ainda foi conduzido ao Hospital Municipal José Saboia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após o crime o acusado fugiu, mas foi localizado e preso pela Polícia Militar e Civil, por volta das 23h30, próximo a residência onde mora. O mesmo foi apresentado ao delegado local para as demais providências.

Tentativa de homicídio em Araguaína

O Batalhão de Polícia Militar de Araguaína apreendeu um adolescente de 14 anos no sábado, 01, acusado de tentativa de homicídio. O indivíduo teria tentado contra a vida da própria irmã de 12 anos de idade, efetuando um disparo com arma de fogo em seu rosto.

O acusado é viciado em drogas, e teria cometido o crime com efeitos nocivos causados pelo entorpecente. O padrasto do garoto e pai da vítima informou que o adolescente é usuário de drogas e que ele havia chegado em casa e após discussão com a irmã efetuou um disparo de arma de fogo no rosto da menina a alvejando no lado direito do maxilar. Ela foi conduzida para o Hospital Regional de Araguaína pelo Serviço de Atendimento de Urgência (Samu).

Após o disparo, o adolescente teria empreendido fuga a pé, mas após diligências nas proximidades, os policiais militares o localizaram. O acusado teria tentado fugir, resistindo a apreensão e efetuando três disparos de arma de fogo contra os militares que revidaram com tiros de advertência, fazendo com que o acusado se entregasse.

Com o adolescente foi apreendido um revólver calibre 32 carregado com seis munições, quatro deflagradas e duas intactas. Ao realizar uma busca na residência acusado, os PMs localizaram também uma pequena quantidade de maconha.

O adolescente foi conduzido, juntamente com a arma, munições e a droga para o Departamento de Polícia de Plantão, acompanhado dos seus responsáveis, onde foi autuado pelo ato infracional de tentativa de homicídio, disparo de armas em vias públicas, porte ilegal de arma de fogo, porte de entorpecentes e resistência à apreensão.

Tentativa de homicídio em Araguatins

Em Araguatins, no domingo, 02, policiais militares prenderam o servente de pedreiro, Wanderson Marinho Ferreira, de 20 anos, com um revolver calibre 32, acusado de efetuar dois disparos contra Alex Sandro da Silva Gomes, 20 anos e Jardel Alves Pereira, 18 anos.

A PM tomou conhecimento do fato através das vítimas que disseram ter sido baleadas por Wanderson, minutos antes. Alex foi ferido no rosto e Jardel no abdômen. Ambos foram socorridos em uma viatura da PM e na ambulância municipal até ao Hospital local.

Com reforço redobrado em diligência nas proximidades, foi efetuada a localização e prisão de Wanderson que relatou o local onde tinha jogado a arma, a qual foi localizada após buscas da PM, com duas munições deflagradas, e mais duas intactas e uma batida.

Na delegacia para onde o acusado e a arma foram levados, o indivíduo relatou que a motivação ao crime se deu em razão de vingança, pois segundo ele, Alex era suspeito de ter matado um irmão dele em 2010. Ele também informou que  comprou a arma na cidade de Marabá – PA, por R$ 600.00.

Ainda de acordo com o plantonista da Depol, o acusado tem várias passagens pela polícia, pela acusação de vários crimes. No hospital local os policiais foram informados que a vítima, Alex, foi retirada pelos familiares para a cidade de Imperatriz – MA, e que Jardel continuou naquele hospital, e nenhum dos dois correm risco de morte.

Prisão tripla em Gurupi

Por volta das 4h da madrugada do ultimo domingo, 02, a equipe do Giro (Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva) realizou a prisão de Pedro Ivo T. Pereira, 20 anos, Renan Pereira da Silva, 26, e de Paulo José da Silva Neto, 21, suspeitos de praticarem disparos de arma de fogo no circuito carnavalesco na Avenida Goiás em Gurupi, e ainda pela posse de arma de fogo e porção de entorpecentes.

A prisão aconteceu após os militares receberem a denúncia de que havia ocorrido um disparo de arma de fogo dentro do circuito carnavalesco, e que um dos foliões havia sido ferido na perna por ricochete de projétil. Naquele instante, a equipe intensificou o patrulhamento em direção à rota de fuga dos suspeitos, e ao avistarem a viatura passando pela Avenida Mato Grosso, os três suspeitos empreenderam fuga em um veículo em alta velocidade.

O veículo foi seguido pelos policiais, e depois de percorrer na contramão e por cima das calçadas, gerando riscos à vida de transeuntes, um dos pneus estourou e eles foram alcançados e detidos. Diante do exposto, os três suspeitos, a arma de fogo, a arma branca e o entorpecente apreendido foram conduzidos à Delegacia de Polícia e apresentados à autoridade policial para as providências cabíveis ao fato. (Ascom PM)