Estado

Foto: Divulgação

Na última agenda como governador em exercício, o deputado Sandoval Cardoso, nesta quinta-feira, 6, em Colméia (224 km de Palmas), agradeceu ao Governador Siqueira Campos pelo período em que esteve à frente do Executivo e destacou a visão empreendedora do gestor. Sandoval fez questão de ressaltar a realização de programas estratégicos como o Programa de Assistência aos Municípios (PAM), de recuperação de estradas vicinais, o Terra Forte, que garantiu tratores e implementos para dar assistência aos agricultores familiares, os milhares de quilômetros de pavimentação asfáltica, os investimentos em saúde e educação entre tantas outras iniciativas.

 Sandoval Cardoso comentou como foi sua agenda de trabalho e elogiou as ações que a gestão do Governador Siqueira Campos vem fazendo. “Do início ao fim foram muitos benefícios efetivos entregues à população. Termino esses 20 dias de Governo muito feliz e me sentindo com o ânimo revigorado para continuar trabalhando em prol do Estado”, afirmou o governador em exercício.

 Ele estava acompanhado da deputada federal professora Dorinha, dos parlamentares estaduais Stalin Bucar, Vanderlei Barbosa e Vilmar do Detran, além de secretários estaduais e municipais, prefeitos, vereadores e lideranças da região.

 TO-336

O pronunciamento de Sandoval ocorreu durante a cerimônia de anúncio da obra de recuperação e restauração da TO-336, que liga Guaraí a Couto Magalhães - uma demanda antiga da região. “É um trecho importante que liga o Pará passando por esses municípios, e estava vencido e agora será recuperado e até refeito onde for necessário para garantir o escoamento da produção da região”, comentou.

 Na ocasião foi inaugurado o trecho de 1,9 km de pavimentação asfáltica da estrada que liga Colméia a fábrica Tripanorte, atendendo uma reivindicação que surgiu há 14 anos, com a instalação da indústria. O asfalto garante que a empresa, que faz o beneficiamento de tripas bovinas para embutidos e fabricação de fios cirúrgicos, possa exportar diretamente sua produção.

 “A Vigilância Sanitária exigia que para exportar o fio cirúrgico diretamente aqui da fábrica de Colméia, o acesso à empresa teria que ser pelo asfalto, então, num esforço tremendo, o governo, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico [FDE], garantiu isso, o que de imediato já vai garantir a geração de 100 novos empregos na indústria”, comemorou.

 Empresa

A empresa atualmente emprega cerca de 420 pessoas, entre elas o calibrador Gabriel Ramos Santana, que trabalha no local há sete meses. Ele falou da importância da fábrica para a economia local. “Tem muita gente que se não fosse a Tripanorte estaria sem emprego, meu irmão mesmo paga a faculdade com o que recebe aqui”, comentou, elogiando a pavimentação no local. “Antes isso aqui estava ruim demais, o governo do Estado está de parabéns com essa iniciativa” destacou.

 O prefeito de Colméia, Pedro Clésio, ressaltou outro aspecto importante do asfaltamento da estrada que liga a cidade à fábrica: o fim dos problemas respiratórios causados pela poeira. Ele também agradeceu a parceria do governo do Estado no atendimento a várias demandas da região. “Eu tenho a conquista junto ao governo do Estado da reforma da feira dos produtores e da reforma do espaço cultural, o que vai dar uma alavancada na nossa administração”, avaliou.

 Saúde

Na ocasião foram entregues pela secretária de Estado da Saúde, Vanda Paiva, mais 21 ambulâncias. “Nessa área de saúde foram beneficiados 21 municípios, que também receberam material para a atenção básica e alguns municípios também receberam carrocinhas para o transporte dos cachorros e freezers”, disse. Ao todo, o governo vai entregar 139 ambulâncias - uma para cada município do Estado – para todas as prefeituras do Tocantins. O investimento é de cerca de R$ 10 milhões. As ambulâncias são entregues com um ano de seguro pago e três anos de garantia.

 Educação

Foram entregues aos servidores de Colméia, pela Secretaria de Estado da Educação e Cultura, 740Cadernos do Professor 2014. A secretária estadual da Educação, Adriana Aguiar, falou sobre o benefício. “A gente considera um instrumento importante, porque é um material de consulta, tem a legislação ali a mão do professor e sobretudo é um material que tem a prestação de contas dos investimentos do governo do Estado na área da Educação durante esses três anos de gestão” comentou. (ATN)