Polí­cia

Foto: Ascom SSP

A Polícia Civil, por intermédio da 7ª Delegacia Regional de Colinas do Tocantins intensificou as buscas na tentativa de localizar e prender Marcio Cavalcante da Silva, 23 anos. Ele é acusado de manter a própria família em cárcere privado, abusar sexualmente de sua enteada, uma criança de 11 anos e encontra-se foragido da Comarca de Colinas, desde então.

De acordo com informações da PC, no dia 07 de março de 2013, a esposa do homem registrou um boletim de ocorrência onde relata que foi submetida a cárcere privado mediante grave ameaça e violência, durante nove dias, juntamente com seus três filhos. Neste período, Marcio, de posse de uma faca e uma arma de fogo, restringiu a liberdade de todos em uma fazenda localizada no município de Bandeirantes-TO.

Segundo a mulher, seu companheiro a agrediu várias vezes e em um dos episódios de violência, a vítima teve um dos dedos quebrados e parte de outro decepado. Além disto, o acusado também tentou ceifar a vida de seus próprios filhos com uma espingarda, mas não obteve êxito em seu intento criminoso porque a arma falhou.

Consta ainda no Boletim de Ocorrência que o indivíduo abusou sexualmente de sua enteada, na frente de seus filhos e esposa durante três dias, tendo inclusive utilizado uma espingarda para coagir a família. As vítimas só conseguiram fugir de Marcio após o dono da fazenda ter ido ao local, momento em que a mulher saiu correndo, juntamente com seus filhos implorando por socorro.

Após cometer tais atos, o suspeito evadiu-se do local e vem ameaçando constantemente, via telefone sua ex companheira e o restante da família. Diante dos fatos, o Juiz da Vara Criminal da Comarca de Colinas decretou a prisão preventiva de Marcio Cavalcante da Silva.

A 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Colinas solicita a quem tiver qualquer informação acerca do paradeiro do acusado, que entre em contato, através dos telefones (63) 3476-3051 ou (63) 3476-4867, ou então, comunique a Polícia Militar local para que seja efetuada a sua prisão.