Polí­tica

Foto: Divulgação

O grupo PMDB Novo composto por Júnior Coimbra, pré-candidato ao governo, Gaguim, pré-candidato ao senado, José Augusto Pugliesi, Udson Bandeira, Bruno Gaguim e Gerson de Paiva, pré-candidatos a deputados estaduais, finalizaram no domingo, 23, mais uma etapa de reuniões no interior do Estado, totalizando 113 municípios visitados.

Começando na quinta-feira, 20, os peemedebistas reuniram-se em Babaçulândia, Filadélfia, cidade natural de Coimbra, Palmeirante e Barra do Ouro. Na segunda reunião do dia em Palmeirante, o vereador Irmão Otalmir (PTC) agradeceu a visita do grupo à cidade e fez uma crítica a atual gestão. “Foi importante a vinda de vocês aqui pelo asfalto, onde tinha asfalto, porque realmente tem que fazer tudo de novo”, referindo-se a TO 010 que se encontra no momento cheia de buracos e com a mata alta que invade a estrada. Já o vereador professor Jovanilton (PMDB), foi mais enfático em sua fala. "Haja vista a situação que se encontra o Tocantins. O atual governo deixou a desejar, o Estado da Livre Iniciativa e da Justiça Social" e completou "O PMDB é um partido de grandes nomes, a candidatura vem de forma emblemática e tem como meta o povo", referindo-se aos nomes dos pré-candidatos presentes na reunião. 

Na sexta-feira, 21, as reuniões aconteceram em Campos Lindos, Goiatins, Itacajá e Itapiratins. A população não poupou críticas em relação às estradas. Em Campos Lindos, o vereador Domingos Raposa (PT), disse que a população está de braços abertos para aqueles que estão dispostos a levar o desenvolvimento para o município, lembrando as dificuldades da cidade. Em Itacajá o grupo foi recebido pelo ex-prefeito Manoel Pinheiro em uma grande reunião na casa do membro do partido José Augusto. O índio Isac Krahô lembrou aos presentes o desprezo do governo em relação ao seu povo. "O índio vota sim, e o que o governo está fazendo eu acho que não é só com os Krahô, pois nas escolas não têm merendas, as estradas estão a mesma coisa" disse Isac.

No sábado, 22, a reunião começou em Tupiratins, na casa do ex-prefeito Brandão Rezende, e os vereadores presentes demonstraram apoio à pré-candidatura de Coimbra. "Vou apoiar, vou dar minha força, para benefício de Tupiratins", disse o vereador Micael. O vereador Mazolene, fez referência ao modo como os peemedebistas estão visitando 139 municípios. "Vejo chegar gente de avião e vocês vieram de carro e estão vendo a necessidade de cada município, a necessidade o nosso Estado". disse Mazolene Ainda no sábado o grupo reuniu-se em Brasilândia, Presidente Kennedy, Bom Jesus e Pedro Afonso. 

Em Pedro Afonso, o vice-prefeito Gilmar Lacerda (PMDB), falou dos benefícios em se ter uma gestão peemedebista no Governo do Estado. "Quando o PMDB está no comando, o governo tem dinheiro, mas quando é outro governante dai não tem dinheiro para governar". Já o vereador Sipriano Soares (PMDB), demonstrou total apoio à pré-candidatura de Coimbra. "Vamos fazer tudo para que sua candidatura seja única, para que consigamos consagrar sua vitória nas eleições", afirmou o parlamentar.

 O prefeito de Oliveira de Fátima, Gesiel Orcelino (PMDB) esteve presente na reunião em Pedro Afonso e explicou a sua ida. "Vim de Oliveira de Fátima há mais de 250 km pra dizer que Júnior Coimbra tem nosso apoio. É um homem que caminha o Estado e está aqui comprovando a sua luta. Ele sabe da dificuldade do seu povo, conhece a história do Tocantins, está preparado e com a ficha limpa. O Marcelo Miranda é amigo meu, mas já votamos pra ele ser senador e ele não assumiu. Eu estou órfão de senador", pontuou Gesiel que afirma só ter apoio por parte do deputado federal para governar Oliveira de Fátima. 

No domingo, 23, as reuniões aconteceram em Recursolândia, Centenário e Santa Maria. O vereador Sirpriano, de Pedro Afonso, que acompanhou o grupo nas reuniões foi enfático em sua fala em Recursolândia em relação a Coimbra. "Estou nesta batalha, porque Júnior Coimbra honra o voto que a gente dá pra ele. Ele tem ficha limpa, a gente vota nele para governador e ele toma posse". Em Centenário, o ex-prefeito Índio e o ex-vereador Emival, disseram dar apoio caso Coimbra seja o candidato do partido. "Se você for o candidato do PMDB pode contar com esse povo que está presente", disse Emival.