Estado

A Prefeitura de Araguaína informou nesta segunda-feira, 31, que, por decisão da Justiça, o pagamento do IPTU 2014 está suspenso e os boletos emitidos, por enquanto, não devem ser pagos. “A decisão afeta famílias que estavam isentas do pagamento pela nova lei, debatida com a sociedade e aprovada pelos vereadores”, lamentou a prefeitura através de nota.

 Sem a nova lei do IPTU, a prefeitura fica impossibilitada de ampliar serviços essenciais.

 “Reafirmamos que o novo IPTU foi calculado com base legal, considerando a valorização dos imóveis, permitindo que todos pagassem o imposto de acordo com suas possibilidades. Quem pode mais, paga mais; quem pode menos, paga menos. Famílias com renda de até dois salários mínimos mensais proprietários de um único imóvel não pagariam nada”, argumentou.

A prefeitura garantiu ainda que os compromissos assumidos com o povo de Araguaína estão mantidos, de acordo com o projeto de governo em andamento. “Lamentamos a impossibilidade de ampliar serviços de conservação, manutenção e varrição de vias públicas”, finalizou.

Por: Redação

Tags: IPTU, Prefeitura de Araguaina