Educação

Foto: Divulgação

Professores de Tocantinópolis em ato simbólico, velaram a educação do Estado durante protesto nesta quarta-feira, 2. Os docentes alegam que o motivo foi o que chamam de  desrespeito do Executivo para com a classe além das intimidações constantes. O manifesto contou com a presença de alunos também.

 O movimento foi realizado na Praça Deputado Darcy Marinho, Centro de Tocantinópolis e contou com mais de 200 professores.  O presidente do Sintet Regional, professor Cleber Borges afirmou ao Conexão Tocantins que o “enterro da educação” significa um desabafo e uma resposta à falta de abertura do governo com relação ás reclamações da categoria. “O Tocantins morreu e morreu também a democracia. A secretaria fica fechando as possibilidades de negociação e isso nos indigna cada vez mais”, disse o presidente.

A greve da Educação estadual continua mesmo com decisão judicial determinando o retorno dos professores sob pena de multa.