Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente do Partido Verde, deputado Marcelo Lelis, intensificou as articulações neste final de semana, conversando com líderes de partidos de oposição ao Governo do Estado, como o PMDB, PROS, PT, PSD, PPL, PCdoB, PSOL, PSL e PRB.

O dirigente do PV ainda quer falar nesta segunda-feira com líderes do PP e PHS. A intenção é sugerir que todos esses partidos lancem seus candidatos na eleição indireta.

Marcelo Lelis propõe que as candidaturas dos partidos de oposição sejam uma forma de protestar contra o que chama de "golpe político" promovido no Estado com as renúncias do ex-governador Siqueira Campos e do ex-vice-governador João Oliveira.

"A população está indignada com a manobra política feita pelo Governo para promover um projeto familiar de poder. Ouvimos isso do povo nas reuniões que fizemos com o PV pelo Estado. Como o cidadão tocantinense não terá direito de votar nesta eleição indireta, sugiro que nós da oposição sejamos a voz de indignação das ruas, que não aceita participar desse jogo, que exige respeito. Temos todos que lançar candidatos para promovermos grande debate sobre a situação do Estado e para implantar as mudanças que o Tocantins e o nosso povo tanto merecem", afirmou Marcelo Lelis.

Em reunião neste último final de semana, o Partido Verde lançou Marcelo Lelia como o candidato pevista na eleição indireta.