Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Eduardo Gomes (SD) lamentou nesta terça-feira, 8, o falecimento de Francisco Valdécio Costa Pereira, 54 anos, um dos fundadores do Partido Verde no Tocantins. Mossoró, como era conhecido, morreu no sábado, 5, em Recife, em decorrência de falência hepática. Além de ter concorrido em 1996 à Prefeitura de Palmas, Mossoró também foi presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Segundo o deputado, Mossoró teve uma participação atuante na construção da história política do Tocantins.

Francisco Valdécio Costa Pereira iniciou sua jornada política como líder estudantil da Universidade Católica de Pernambuco - Unicap, onde cursou Direito. Foi presidente de Diretório Acadêmico e do Diretório Central dos Estudantes.
Teve participação efetiva nas Diretas, da mesma forma que acompanhou os cara pintadas no impeachment do presidente Fernando Collor de Mello. Lutou pelas forças democráticas e realizou um evento universitário com a presença de Carlos Prestes.

Mossoró foi fundador e presidente estadual do Partido Verde no Tocantins por oito anos, concorrendo nas eleições municipais em Palmas ao cargo de prefeito.