Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Júnior Coimbra utilizou a tribuna da Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira, 15, para manifestar apoio à greve dos trabalhadores em educação no Estado que lutam por seus direitos salariais e melhoria das condições de trabalho.

Júnior Coimbra afirmou reconhecer as reivindicações dos professores tocantinenses como legítimas e solicitou ao governo do Estado que cumpra os compromissos assumidos com os professores. “Destaco que o movimento grevista busca construir uma alternativa, por meio de diálogo, para chegar a um acordo. Falta ao governo capacidade para debater com a classe”, disse.

Segundo o deputado, existe uma desconfiança por parte dos professores e do sindicato na capacidade do governo de abrir o dialogo e inserir a educação como prioridade. “Não há dúvidas de que os trabalhadores em educação que lidam diariamente com a formação de nossas crianças e adolescentes são merecedores de condições dignas de trabalho e salário compatível com a realidade de suas funções”.

Para Júnior Coimbra, não se deve aceitar mais essa triste realidade que é o descaso do governo com um setor tão importante para o engrandecimento do Tocantins. “Não cabe mais nos dias de hoje professores mal remunerados, sobrecarregados de tarefas, sendo responsáveis pela formação dos novos cidadãos tocantinenses”.

No discurso Coimbra colocou-se à disposição para contribuir com o diálogo na construção de uma alternativa que atenda as justas reivindicações da categoria. “Espero que, após longos anos de descaso, os nossos professores possam ser ouvidos e respeitados como profissionais de forma justa e cidadã”.