Educação

Foto: Divulgação

A cinco meses do maior torneio de educação profissional da América Latina, a aluna Fabiana Pereira dos Santos, de 20 anos, está em treinamento árduo para defender o Tocantins na etapa nacional da Olimpíada do Conhecimento, a ser realizada no período de 01 a 07 de Setembro em Belo Horizonte – Minas Gerais.

A competidora está inscrita na modalidade Moda e Criatividade - Costura - Portadores de Deficiências (PCDs). Fabiana é portadora de deficiência auditiva e é aluna da unidade Palmas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai.

“Estou ansiosa e o treinamento diário com a professora tem motivado muito. Estou me esforçando para ter habilidades para o momento da avaliação e representar bem o Tocantins”, afirmou Fabiana auxiliada pela intérprete.

No âmbito da sociedade inclusiva, o Senai Palmas conta com três Intérpretes em Libras, habilitadas e capacitadas para mediar às interações discursivas entre surdos, instrutores e ouvintes. A instrutora em Vestuário, Celita Dalsin, auxiliada por essas interpretes, está capacitando e preparando a competidora, estimulando a capacidade de raciocínio, inovação e agilidade da mesma.

“Sabemos que a competidora terá que confeccionar três peças, bem como manejar os tecidos e máquinas que serão utilizadas no dia da avaliação. Dessa forma, estamos trabalhando todas as atividades prováveis que possam ser cobradas no dia da competição.”, disse a instrutora.

Olimpíada do Conhecimento

Promovida pelo Senai Nacional, a Olimpíada do Conhecimento é a maior competição de educação profissional e tecnológica das Américas. Uma vitrine de novos talentos.

Na competição, os estudantes são desafiados a executar tarefas do cotidiano das empresas, dentro de prazos e padrões internacionais de qualidade. Ao final da competição, os melhores classificados para o Torneio Internacional de Educação Profissional (World Skills), competição mundial de competência profissional. (Ascom Fieto)