Saúde

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) registrou 5.207 casos suspeitos de dengue - dados notificados até o dia quarta-feira, 23 - contra 13.415 em 2013. Os dados constam no Relatório do Monitoramento Semanal, que afirma ter reduzido em 61% os casos em relação ao mesmo período em 2013. Até a geração do relatório nenhum caso grave foi diagnosticado e consequentemente nenhum óbito foi registrado.

Segundo a assessora de dengue e febre amarela da Sesau, Cristiane Bueno Hundertnarck, desde o ano passado a Secretaria tem realizado capacitações com agentes envolvidos com a vigilância e atenção a saúde. “Desde outubro nós estamos fazendo capacitações com agentes de saúde, médicos e enfermeiros com a finalidade de intensificar as ações de combate ao foco da dengue e tratamento”, conta.

Cristiane fala que as informações dos relatórios são positivas, porém os gestores municipais e sociedade devem continuar atentos. “Estamos trabalhando junto com os municípios para viabilizar ações de prevenção. E mesmo com a chegada do período de estiagem não podemos ficar tranquilos, devemos continuar os trabalhos de controle do vetor, pois controlando o aedes aegypti estaremos controlando outros agravos”, ressalta.

Municípios endêmicos

Os 15 municípios com maior número de notificações são: Palmas, Araguaína, Araguaçu, Miracema do Tocantins, Porto Nacional, Miranorte, Colinas do Tocantins, Guaraí, Paraíso do Tocantins, Gurupi, Sandolândia, Tocantinópolis, Araguatins, Formoso do Araguaia e Goiatins. No entanto, 113 municípios tocantinenses identificaram casos de dengue. E conforme o relatório, somente nesta semana foi notificado 134 casos distribuídos em 18 municípios. (ATN)